Japão pretende elevar gastos militares a nível histórico

Incrível orçamento de 27 trilhões de ienes, que serão gastos em 4 anos, é o maior da história militar do Japão.
Navios militares do Japao Foto Japanese Maritime Self Defense Dez 2018 900x600 min
©Japanese Maritime Self Defense

O Ministério da Defesa do Japão pretende aumentar seus gastos militares a um patamar histórico. A pasta afirmou ainda que comprará mais armamentos militares estadunidenses e assim o estreitar ainda mais seus laços com os Estados Unidos, informou o jornal japonês Nikkei.

Segundo a matéria do Nikkei,  O Ministério pretende gastar pelo menos 27 trilhões de ienes (R$ 938 bilhões) entre abril de 2019 e março de 2024, o que seria o maior orçamento da história do Japão.

De acordo com a proposta da pasta, apresentada na última sexta-feira, esses armamentos serão adquiridos com um aumento anual de 1,1% durante período de 2019 a 2024, significativamente maior que os 0,8% do lustro atual.

“Comunica-se que o plano dos militares inclui uma separação entre os gastos domésticos, relacionados com pessoal e equipamentos existentes, e a aquisição de armas. A primeira parte agora é equivalente a 80% dos gastos militares, ressalta o site Sputnik News.

A separação das despesas com novos equipamentos facilitaria as compras de Washington, que pressiona para uma maior importação de bens norte-americanos, o que ocorre ao mesmo tempo em que o país norte-americano ameaça com novas tarifas sobre automóveis para reduzir o atual déficit comercial com Tóquio.

ainda de acordo com o Nikkei, o Ministério espera que as maiores ameaças à segurança que atualmente enfrenta o Japão, entre as quais continua se destacando o potencial nuclear e balístico da Coreia do Norte, ajudem que o planejado seja aprovado pelo poder executivo japonês nos meados de dezembro.

Mundo-Nipo
Fontes: Sputnik News | Nikkei.

Total
1
Shares
Previous Article
Tasuku Honjo recebe Premio Nobel na Suecia Reuters 900xx600 min

Cientista japonês recebe prêmio Nobel em cerimônia na Suécia

Next Article
Lu Kang Reproducao SBS

China pressiona Japão após veto de empresas chinesas de telecomunicações

Related Posts