Automóveis Notícias

Mesmo com crise no Brasil, Toyota inaugura fábrica em São Paulo

A nova fábrica de motores conta cerca de 320 trabalhadores e custou a Toyota um investimento de R$ 580 milhões.

Em meio a crise econômica nacional, a Toyota Motors do Brasil inaugurou oficialmente na última terça-feira sua nova fábrica de motores na cidade de Porto Feliz, interior de São Paulo. O complexo recebeu investimentos da ordem de R$ 580 milhões para produzir motores 1.3 e 1.5, ambos com tecnologia flex, para equipar a família de carros compactos Etios.

O governador Geraldo Alckmin participou da inauguração da planta de motores da Toyota. “Hoje é um dia muito especial. Um grande investimento,tenho certeza que a fábrica vai crescer muito. Nós ficamos felizes porque o primeiro investimento da Toyota fora do Japão foi no Brasil, no Estado de São Paulo, em São Bernardo, em 1958, que já vai completar 60 anos,” disse Alckmin.

Antes, os propulsores da marca vinham do Japão ou eram montados parcialmente com peças importadas.

O complexo, construído em um terreno de 872.500 m², emprega, aproximadamente, 320 trabalhadores e deve produzir 108 mil motores por ano para as versões hatch e sedã do compacto Etios, produzido em Sorocaba (SP), fábrica localizada a cerca de 30 quilômetros da unidade de Porto Feliz.

Serão produzidos propulsores de 1.3 e 1.5 litro, lançados junto com a linha 2017 do Etios. Na comparação com os antigos motores, de mesma cilindrada, estes passam a contar com duplo comando variável de válvulas e eliminam a necessidade do tanquinho auxiliar.

O Etios produzido em Sorocaba com os motores de Porto Feliz é comercializado no mercado brasileiro e exportado para Argentina, Paraguai e Uruguai.

Fábrica flexível
Os planos parecem ser ambiciosos para a fábrica em Porto Feliz. A estrutura foi construída de forma flexível, permitindo a ampliação para acompanhar a demanda dos consumidores. “Se o mercado crescer, a nossa fábrica pode ser expandida para construir diferentes motores”, afirmou o CEO da Toyota para América Latina e Caribe, Steve St. Angelo.

A fábrica também é a primeira a abrigar – em um único local – os três processos industriais da empresa, sendo fundição, usinagem e montagem. A planta também abriga um laboratório para realização de testes de bancada. “Porto Feliz será uma das mais avançadas fábricas de motores da marca em todo o mundo”, afirmou o vice-presidente executivo da marca, Miguel Fonseca, no lançamento do Etios, no final de abril.

Apesar disso, os discursos de representantes da empresa deixaram claro que a Toyota, mesmo realizando investimentos no país, só vai “tirar o pé do freio” quando a economia nacional acelerar.  “Nós estamos confiantes na recuperação do Brasil. A chave para isso é que empresas, fornecedores, sindicatos e governos trabalhando juntos”, concluiu St. Angelo.

A Toyota é uma das poucas montadoras que ainda crescem no Brasil. Com um mercado que tem caído mais de 20% em relação ao ano passado, a marca japonesa, assim como a Jeep, registrou crescimento em unidades emplacadas no primeiro trimestre de 2016.

Fontes: TV TEM/Globo | Governo de São Pulo.

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.