Notícias

Japão inicia preparativos para a sucessão imperial

Foto: Arquivo/Reprodução AP

O comitê organizador recém-criado já decidiu a realização de algumas cerimônias e criação de novos feriados.

O governo japonês estabeleceu um comitê responsável pela organização da sucessão imperial do Japão. Liderado pelo primeiro-ministro Shinzo Abe, os membros do inédito conselho se reuniram pela primeira vez para discutir os preparativos, logo após sua fundação ter sido aprovada, na sexta-feira (12), durante uma reunião de Gabinete, informou a emissora pública NHK.

Entre as decisões tomadas pelo novo comitê está a realização de uma cerimônia no dia 19 de abril de 2020 para anunciar o príncipe Akishino como primeiro na linha de sucessão ao trono japonês. Atualmente, o irmão mais novo do atual príncipe herdeiro Naruhito é o segundo na linha sucessória ao Trono do Crisântemo, visto que Naruhito tem uma filha única e, de acordo com as leis da Casa Imperial Japonesa, mulheres não podem ascender ao trono.

O governo já havia decidido realizar uma cerimônia de abdicação do Imperador Akihito no dia 30 de abril de 2019. Cinco eventos ligados a ascensão de Naruhito ao trono serão realizados a partir do dia primeiro de maio do próximo ano.

Durante a reunião, Abe disse que o Governo está considerando criar um novo feriado no dia primeiro de maio de 2019, dia em que o príncipe herdeiro se tornará o novo imperador do país.

O primeiro-ministro japonês também sugeriu que o dia 22 de outubro, data da proclamação do novo imperador, também poderá se tornar feriado nacional.

Se tal proposta for implementada, muitas pessoas poderão tirar dez dias de folgas consecutivas no Japão a partir do dia 27 de abril do ano que vem, visto que esse dia cairá num sábado em 2019, conforme noticiou a ‘NHK’.

Do Mundo-Nipo
Fonte principal: NHK World News Online.

» Saiba mais sobre a Família Imperial do Japão.