Notícias

Honda retoma produção em vários países após sofrer ciberataque

Foto: Stockvault

Honda diz que informações de clientes não foram afetadas, mas call centers e serviços financeiros online sofreram interrupções.

A japonesa Honda retomou a produção em suas fábricas de automóveis e motocicletas nos Estados Unidos e outros países depois de sua rede online de operações sofrer um suposto ciberataque esta semana, informou na sexta-feira (12) o porta-voz da companhia japonesa, de acordo a agência Reuters.

Os ataque cibernético ocorrem menos de um mês depois de a Honda reabrir suas fábricas na América do Norte, após o fechamento no final de março global para cumprir as exigências relacionadas ao coronavírus nos Estados Unidos e no Canadá.

Um porta-voz disse que a montadora japonesa retomou a produção de veículos na quinta-feira (12) em sua principal fábrica no estado americano de Ohio, que produz modelos como o crossover SUV CR-V e o sedan Accord.

“Parece que as informações pessoais de nossos clientes não foram afetadas [pelo ataque]”, disse o porta-voz por telefone à Reuters, mas se recusou a comentar sobre qualquer impacto na produção.

Uma fábrica de veículos na Turquia e fábricas de motocicletas na Índia e no Brasil retomaram suas produções na última quarta-feira”, disse ele, enquanto alguns call centers e serviços financeiros on-line na América do Norte continuaram sofrendo interrupções.

O ciberataque foi o segundo na rede global da Honda depois que o vírus “WannaCry” a forçou interromper a produção por um dia em uma fábrica no Japão em 2017.

O incidente ocorre em um momento que a empresa japonesa continua trabalhando para se recuperar dos impactos negativos do coronavírus.

Interrupção de produção em três fábricas no Japão

Em comunicado divulgado em seu site na sexta-feira, a Honda anunciou que pretende suspender, em julho, alguns turnos de produção em três fábricas domésticas, citando a baixa demanda e problemas com a aquisição de autopeças.

As interrupções irão ocorrer na fábrica de Yori (por quatro dias) e de Sayama (por um dia), ambas situadas na província de Saitama. Já a fábrica de Suzuka, na província de Mie, ficará fechada por três dias.

Mundo-Nipo (MN)
Fonte: Agência Reuters.

O jornalismo do Mundo-Nipo precisa de você para continuar produzindo notícias, matérias e artigos independentes. Por isso, pedimos a sua colaboração com uma doação de qualquer valor para o site. Você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!