Notícias

Japão lidera ranking de países com maior população de idosos

Foto: Reprodução/Getty

Japão tem em “número real” a maior população de idosos do planeta, com cerca de 35 milhões de pessoas com 65 anos ou mais.

O mundo está envelhecendo rapidamente e é esperado que quase dois bilhões de pessoas em todo o planeta tenham mais de 60 anos de idade até 2050, um número três vezes superior do que foi registrado em 2000, de acordo com dados recentes da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Essa realidade, porém, é mais latente em países como o Japão e a Itália, que se destacam entre os demais por conta das imensas proporções de seus cidadãos com mais de 65 anos de idade em relação a população total.

Entretanto, o Japão está na frente de todos os países porque tem em “número real” a maior população de idosos do planeta, são quase 35 milhões de pessoas com idade a partir de 65 anos.

Japão é o país mais preparado para o mercado da longevidade

Por causa de tais aumentos em suas populações mais velhas, as maiores economias começaram a enfrentar aumentos subsequentes em seus custos de saúde, custos de pensão mais elevados e uma proporção decrescente de seus respectivos cidadãos ativos na força de trabalho.

Um fator importante que contribui para essa tendência é que tem diminuído as taxas de natalidade nesses países nas últimas décadas e aumentado a longevidade.

Para se adaptar às populações cada vez mais envelhecidas, muitos países aumentaram a idade para a aposentadoria, reduziram benefícios e começaram a gastar mais em cuidados com idosos.

Com um número menor de indivíduos nascendo e pessoas vivendo muito mais, indivíduos com mais de 65 anos agora compõem uma parcela crescente da população total do mundo.

Com base nesses dados, o portal Escola e Educação elaborou um ranking de 20 países com a maior população de idosos do planeta.

Os números são relativos à proporção de pessoas com mais de 65 anos em relação a população total de cada país, sendo que os dados sobre o número total da população dos países foram coletados pelo Mundo-Nipo. Confira, a seguir:

1 Japão

População em 2017: 126,8 milhões
Proporção de idosos: 26,3%

2 Itália

População em 2017: 60,59 milhões
Proporção de idosos: 22,4%

3 Grécia

População em 2017: 10,77 milhões
Proporção de idosos: 21,4%

4 Alemanha

População em 2017: 82,79 milhões
Proporção de idosos: 21,2%

5 Portugal

População em 2017: 10,31 milhões
Proporção de idosos: 20,8%

6 Finlândia

População em 2017: 5,503 milhões
Proporção de idosos: 20,5%

7 Bulgária

População em 2017: 7,102 milhões
Proporção de idosos: 20,0%

8 Suécia

População em 2017: 9,995 milhões
Proporção de idosos: 19,9%

9 Letônia

População em 2017: 1,95 milhão
Proporção de idosos: 19,4%

10 Malta

População em 2017: 460,3 mil
Proporção de idosos: 19,2%

11 França

População em 2017: 67,12 milhões
Proporção de idosos: 19,1%

12 Dinamarca

População em 2017: 5,77 milhões
Proporção de idosos: 19,0%

13 Croácia

População em 2017: 4,154 milhões
Proporção de idosos: 18,9%

14 Estônia

População em 2017: 1,316 milhão
Proporção de idosos: 18,8%

15 Lituânia

População em 2017: 2,848 milhões
Proporção de idosos: 18,8%

16 Espanha

População em 2017: 46,57 milhões
Proporção de idosos: 18,8%

17 Áustria

População em 2017: 8,773 milhões
Proporção de idosos: 18,8%

18 Bélgica

População em 2017: 11,35 milhões
Proporção de idosos: 18,2%

19 Holanda

População em 2017: 17,08 milhões
Proporção de idosos: 18,2%

20 República Checa

População em 2017: 10,58 milhões
Proporção de idosos: 18,1%

Mundo-Nipo (MN)
Fonte principal: Organização Mundial da Saúde.

Matéria atualizada em 28/03/2020.