Notícias

Ministros de Japão e China realizam diálogo econômico em Pequim

Foto: iStock

Ministros do exterior de China e Japão alcançaram uma série de consensos sobre políticas macroeconômicas e cooperação econômica.

Os ministros das relações exteriores de Japão e China realizara no domingo (14), em Pequim, o quinto diálogo econômico de alto nível entre os dois países.

Ao elogiar que os laços China-Japão retornaram ao caminho certo e geraram novos avanços através dos esforços conjuntos dos líderes dos dois países e das pessoas de todos os círculos sociais, o ministro das Relações Exteriores chinês, Wang Yi, disse que o quarto diálogo econômico de alto nível, que foi reiniciado em abril do ano passado após um intervalo de oito anos, facilitou a comunicação de políticas e a cooperação pragmática de forma eficaz.

“Este ano marca o 70º aniversário da fundação da República Popular da China, enquanto o Japão entrará na nova era Reiwa”, disse Wang, acrescentando que os dois países devem defender os importantes consensos alcançados pelos líderes de ambas as partes e construir conjuntamente as relações econômicas bilaterais para atender às necessidades da nova era.

Os dois lados devem avançar na promoção dos investimentos bilaterais e na cooperação comercial, construir conjuntamente o Cinturão e Rota e explorar ativamente a cooperação no mercado de terceiros, bem como a cooperação local, recomendou o chanceler chinês.

Wang também pediu a consolidação dos resultados de cooperação em áreas como conservação energética e proteção ambiental, inovação em ciência e tecnologia, manufatura de ponta, finanças, economia de compartilhamento, cuidados médicos e assistência a idosos.

Segundo ele, a China e o Japão devem realizar esforços conjuntos para promover a liberalização e facilitação do comércio e investimento, defender um ambiente de negócios com imparcialidade, justiça e não discriminação, acelerar as negociações sobre a Parceria Econômica Abrangente Regional e o acordo de livre comércio China-Japão-RDC (República da Coreia), e proteger o multilateralismo e o regime de livre comércio.

Já o ministro das Relações Exteriores japonês, Taro Kono, disse que a cooperação econômica tem sido uma importante base e a força motriz para os laços China-Japão.

Sob um cenário global de intensas incertezas, os dois lados devem salvaguardar em conjunto o mecanismo multilateral de comércio baseado em regras, destacou ele.

Durante o diálogo, os funcionários seniores de relações exteriores e autoridades econômicas de ambos os países trocaram pontos de vista e alcançaram uma série de consensos sobre políticas macroeconômicas, cooperação econômica e intercâmbios bilaterais, integração econômica regional e governança econômica global.

Antes do diálogo, Wang e Kono participaram conjuntamente da cerimônia de abertura do “Ano de Promoção do Intercâmbio entre Jovens China-Japão”.

Com infirmação da Agência Xinhua.

%d blogueiros gostam disto: