Notícias

Idoso salva menino que estava perdido há 3 dias em bosque no Japão

Foto: Reprodução MN | YouTube/ANN News

O menino de 2 anos sobreviveu bebendo água de um rio e foi encontrado por um voluntário de 78 anos.

Yoshiki Fujimoto, um menino de dois anos que desapareceu há três dias, durante um passeio com o irmão e o avô em um bosque de uma ilha no sudoeste do Japão, foi encontrado são e salvo por um voluntário de 78 anos nesta quarta-feira (15), informaram as autoridades responsáveis pelas buscas.

A criança passou três dias perdida em uma floresta na ilha de Suo-Oshima, na província de Yamaguchi. Seu desaparecimento foi motivo de manchete em todos os jornais do país e também chamou a atenção da mídia internacional.

“O menino foi encontrado e levado para o hospital”, afirmou nesta quarta Katsuya Emoto, funcionário da prefeitura da ilha, acrescentando que, apesar de desidratada e com alguns arranhões, a criança estava em boas condições de saúde.

Yoshiki Fujimoto era procurado por dezenas de voluntários e cerca de 160 policiais. Foram mobilizados drones com câmeras ópticas e térmicas, assim como cães e helicópteros.

Aparentemente, ele sobreviveu bebendo água de um rio. Um calor úmido afetou a região nos últimos dias, chegando a 34ºC.

“Não tem ferimentos importantes, apenas alguns arranhões e alguma desidratação. E poderá deixar rapidamente o hospital”, afirmou Hiroyuki Nishihara, do hospital onde o garoto foi internado.

O menino foi encontrado por um voluntário de 78 anos, que chegou de uma província vizinha para participar da busca em massa. “Gritei ‘Yo-chan’ (sufixo usado no Japão para os meninos), e ele respondeu ‘sim, aqui'”, relatou Haruo Obata às emissoras de televisão.

O menino foi encontrado a algumas centenas de metros do local onde seu rastro havia sido perdido. O local fica a apenas 560 metros da casa de seu bisavô, onde estava passando as férias de verão.

“Ele estava sentado em uma pedra próximo a um rio, com os pés descalços. No início, não pensei que fosse uma figura humana”, disse Obata à imprensa. “Mas era ele. Pensei que meu coração fosse parar”, afirmou o ‘idoso herói’, acrescentando que Yoshiki estava em boas condições de saúde, visto que o garoto comeu ansiosamente um doce oferecido a ele.

O pequeno, que completou dois anos na última segunda-feira, quando já havia se perdido. Ele foi passear no domingo com o irmão e seu avô, que o deixou voltar sozinho para sua casa, a cerca de 100 metros de distância, onde era esperado pela mãe. No entanto, o menino não foi mais visto.

Emocionada, a mãe do menino disse que já estava perdendo a esperança (…) “quando ele olhou para mim, eu chorei de felicidade”, disse a mãe de Yoshiki, Mio, em referência ao encontro com o filho depois de três dias de angustia. “Eu estava com tanto medo de perdê-lo”, desabafou aliviada.

Com France Presse e Kyodo.