Notícias

Mais de US$ 34 milhões em criptomoedas são roubadas por hackers no Japão

Foto Stockvault/Free

Operadora Bitpoint já havia sido alertada pelas autoridades japonesas para melhorar a segurança. US$ 23 milhões roubados pertenciam a clientes da Bitpoint.

A operadora japonesa Bitpoint foi roubada em cerca de US$ 35 milhões em criptomoedas após sofrer uma invasão de hackers na última semana, informou o site da revista ISTOÉ DINHEIRO, citando agências internacionais como fonte.

De acordo com a publicação, o primeiro ataque aconteceu na última na sexta-feira (12), com o vazamento equivalente a US$ 32 milhões. O segundo foi no domingo (14), quando a companhia descobriu nova invasão com roubo de US$ 2,3 milhões.

Em um comunicado à imprensa, a Bitpoint afirmou que detectou um erro nas transações de Ripple XRP, um tipo de moeda virtual, na madrugada de quinta-feira (11) e horas depois confirmou o vazamento. No domingo, um novo relatório relatou o roubou do valor excedente.

A Remixpoint, empresa controladora do Bitpoint, afirmou que US$ 23 milhões pertenciam a clientes da operadora. Segundo matéria do Nikkei Asian Review, a companhia irá ressarcir o valor roubado aos clientes.

Além do Riplle XRP, a Bitpoint opera com bitcoin, bitcoin cash, éter, litecoin. A empresa já havia sido alertada recentemente pelas autoridades japonesas para melhorar o seu sistema de segurança contra ciberataque.

Não foram divulgadas informações sobre as investigações ou como os hackers tiveram acesso ao sistema.

MN – Mundo-Nipo.com
Fontes: ISTOÉ | Nikkei.