Notícias

Japão fará contagem de crianças estrangeiras que estão fora das escolas

Flickr@Angie Harms

Quando se trata de educação de crianças, Japão não discrimina nacionalidade. A ideia do Governo é colocar essas crianças nas salas de aula.

O governo do Japão pretende realizar um censo inédito voltado a crianças estrangeiras que vivem no país. O plano do governo é identificar quantas dessas crianças não estão matriculadas ou deixaram de frequentar as escolas, anunciou o Ministério da Educação do país.

Pela legislação do país, os cidadãos japoneses são obrigados a cursar o ensino fundamental. Uma regra que, no entanto, é opcional para estrangeiros.

Segundo dados do Ministério, aproximadamente 84.700 crianças não japonesas estavam matriculadas no ensino fundamental até maio de 2018. Porém, o Ministério da Educação não sabe quantas crianças estrangeiras vivem no Japão sem estudar.

O governo planeja começar a trabalhar em meados de junho com autoridades locais para realizar o censo e assim identificar as famílias estrangeiras que não matricularam os filhos nas escolas.

Quando se trata de educação envolvendo crianças, Japão não discrimina nacionalidade, visto que o país tem uma das maiores taxas de pessoas com o ensino médio completo.

Mediante isso, a intenção do Ministério da Educação do Japão é identificar essas crianças e assim colocá-las nas salas de aula.

MN – Mundo-Nipo.com
Fontes: NHK News.