Notícias

Japão relaxa restrições para retorno de residentes estrangeiros

Foto: Kyodo

Japão publicou uma lista com situações que cancelam as restrições para retorno de estrangeiros ao país independentemente do status do seu visto.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Autoridades do setor de imigração do Japão reavaliaram as medidas de restrições impostas a estrangeiros residentes para liberar a entrada deles no país. A Agência de Serviços de Imigração do Japão impôs restrições à 111 países por conta da pandemia do novo coronavírus, mas anunciou oficialmente que abriu algumas exceções.

Em nota divulgada em japonês e em inglês junto a um documento publicado na última sexta-feira em seu site, a agência japonesa de imigração listou exemplos específicos de problemas médicos e circunstâncias familiares que permitirão que estrangeiros retornem ao Japão, independentemente do status do seu visto.

De acordo com a lista, estão liberados para retornar ao Japão pessoas que foram separadas de suas famílias devido à restrição, quem tem crianças matriculadas em instituições de ensino japonesas, pessoas que estão em tratamento médico ou com procedimentos agendados em alguma instituição médica do país e pessoas que deixaram o Japão para realizar cirurgias ou dar à luz em outro país.

A permissão de retorno inclui ainda aqueles que deixaram o Japão para ir ao enterro de um parente ou visitar um membro da família em estado crítico de saúde. Também receberão permissão para voltar aqueles que precisaram comparecer diante de um tribunal no exterior como testemunha.

Anteriormente, sob a proibição após a pandemia, apenas residentes estrangeiros com residência permanente, portadores de visto de longa duração, cônjuges e filhos de residentes permanentes, nascidos ou não no Japão, eram elegíveis para retorno.

Restrição de entrada á 111 países no Japão

Uma lista de países sujeitos à proibição de entrada, agora totalizando 111, foi anunciada pela primeira vez em 3 de abril e posteriormente atualizada em 29 de abril, 16 de maio e 27 de maio.

A restrição de reentrada foi recebida com críticas, especialmente da comunidade internacional do Japão, pois deixou muitos estrangeiros presos no exterior ou incapazes de deixar o Japão.

Um amplo número de trabalhadores estrangeiros se queixaram de terem sido informados pelas autoridades de imigração que os motivos humanitários se aplicam apenas a residentes permanentes, residentes de longa duração e portadores de visto de cônjuge.

Mundo-Nipo (MN)
Fonte: The Japan Times.

Matéria atualizada em 24/06/2020.

Resumo: Japão publicou uma lista com situações que cancelam as restrições para retorno de estrangeiros ao país independentemente do status do seu visto.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •