Notícias

Oito pessoas são atacadas por ursos no Japão em apenas 2 dias

Foto: Arquivo/AFP

Os ataques de ursos ocorreram em três províncias, sendo que 6 pessoas foram atacadas em área residencial e comercial. Um dos ursos foi morto.

Quatro pessoas sofreram ataques de ursos neste sábado (19) em três diferentes províncias no Japão, um dia após um urso atacar outras quatro pessoas em uma área residencial na cidade de Uonuma, na província de Niigata, informou a imprensa local.

Primeiro ataque no sábado

De acordo com o canal online da emissora estatal NHK, o primeiro ataque de hoje também aconteceu na cidade de Uonuma, onde um urso atacou e feriu dois homens pela manhã. As duas vítimas, com idades entre 50 e 60 anos, são funcionários de uma loja de carros. Eles foram levados ao hospital com lacerações na cabeça e no pescoço.

Segundo a polícia local, um caçador atirou e matou um urso negro asiático próximo ao local do ataque na loja de carros, uma área comercial. A polícia acredita que o urso alvejado é o mesmo que atacou os dois homens.

Ataques de sexta-feira

Os ataques em Uonuma ocorrem um dia depois que quatro pessoas foram atacadas por um urso em uma área residencial próxima na sexta-feira (18). Socorristas disseram que as vítimas são um homem e três mulheres, que estão conscientes e recebendo tratamento em um hospital local.

A polícia de Uonuma acredita que os ataques de ontem e deste sábado foram cometidos pelo mesmo urso – morto hoje por um caçador.

Segundo ataque no sábado

O segundo ataque de hoje aconteceu na cidade de Takayama, província de Gifu, no centro do Japão. A vítima é um caçador de 43 anos que estava checando uma armadilha de javali.

O homem sofreu ferimentos graves nas pernas e panturrilha. O urso, porém, fugiu para a floresta.

O caçador é a 13ª pessoa a ser atacada por ursos nesta região este ano. O número é o mais alto desde que as estatísticas tiveram início, há 15 anos.

Terceiro ataque no sábado

O terceiro ataque de urso neste sábado aconteceu na cidade de Hakusan, na província de Ishikawa, no centro-oeste do Japão.

Segundo a polícia local, a vítima é uma idosa de 80 anos, que foi atacada em um campo perto de sua casa. Ela foi mordida na coxa direita e foi levada a um hospital local, onde se encontra estável, segundo noticiou a agência de notícias Kyodo.

Autoridades locais creem que os ataques em Gifu e em Ishikawa tenham sido feitos por ursos diferentes, visto que as duas províncias se encontram a aproximadamente 200 km de distância uma da outra, afirmou a agência japonesa.

MN – Mundo-Nipo.com
Fontes: Agência Kyodo | NHK News.