Notícias

Obama responde carta de sobrevivente da bomba atômica em Hiroshima

Carta de Obama à sobrevivente da bomba em Hiroshima (Foto: Reprodução/NHK)

A sobrevivente havia emitido a carta à Obama por meio da embaixada americana em Tóquio.

Uma sobrevivente da bomba atômica em Hiroshima, no oeste do Japão, foi surpreendida ao receber uma carta de agradecimento do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que se tornou o primeiro presidente americano no exercício do poder a visitar Hiroshima, primeira cidade do mundo alvo de um ataque nuclear por tropas americanas em 1945, no fim da Segunda Guerra Mundial.

Antes da visita de Obama à cidade japonesa, em maio, a sobrevivente, Akiko Matsumoto, enviou uma correspondência a Obama por meio da embaixada americana em Tóquio.

No texto que mandou para Obama, a sobrevivente escreveu que “via a visita com bons olhos”. A japonesa também mandou para o presidente dos EUA um livro de poemas do poeta americano Arthur Binard sobre Hiroshima.

Matsumoto recebeu a carta de agradecimento na terça-feira da semana passada e, nesta segunda-feira (19), ela se encontrou com Binard, que vive no Japão. Ela pediu ao escritor para traduzir o conteúdo da correspondência do inglês para o japonês.

Em um trecho da carta, Obama escreveu que “ao passo em que mais pessoas param para compreender o passado e aceitar a compaixão, estou confiante de que teremos um futuro mais brilhante e pacífico”.

A japonesa disse que ficaria feliz se Obama passasse a trabalhar com pessoas que sofreram em consequência das bombas atômicas. Pediu para que ele atue em prol de um mundo sem armas nucleares, mesmo após ele deixar o cardo de presidente dos Estados Unidos, que será assumido pelo recém eleito Donald Trump.

Fonte: NHK News Japan.