Notícias

Japonês morre baleado durante assalto em São Paulo

Foto: Divulgação/Neaf

O japonês foi abordado por dupla de moto e foi atingido por um tiro à queima roupa após se negar abrir a porta do carro.

Um japonês morreu baleado em São Paulo após reagir à abordagem de dois homens em motocicleta, informou a emissora pública ‘NHK’ nesta sexta-feira (20), citando fontes policiais e comunicado do Consulado Geral do Japão em São Paulo.

Segundo a ‘NHK’, fontes policiais informaram que a vítima foi identificada como Yutaka Honma, de 42 anos, nascido em Kanagawa, no leste do Japão, mas residente no Brasil.

O crime ocorreu na última segunda-feira (16), volta das 14h na rua Leais Paulistanos, em Ipiranga, distrito localizado na zona sudeste do município de São Paulo, de acordo com o comunicado do consulado.

A vítima havia saído de uma casa de câmbio e estava dentro de seu carro quando foi abordada por dois homens em uma moto. Segundo a ‘NHK’, a dupla de criminosos exigiu que Honma abrisse a porta do veículo, mas ele recusou e foi atingindo por um tiro praticamente à queima roupa – ele foi baleado pela frente do veículo, através do vidro dianteiro.

O consulado alerta que muitos japoneses têm sido vítimas de assaltos semelhantes em São Paulo, a maioria são abordados após de sair de casas de câmbio e de bancos.

Na última terça-feira (17), outro japonês foi assaltado após deixar uma casa de câmbio na capital paulista. Em ambos os casos, os criminosos estavam em dupla e conduziam uma motocicleta. A polícia de São Paulo suspeita que os assaltantes sejam os mesmos que assassinaram Yutaka Honma.

Mediante isso, o consulado pede que os cidadãos japoneses residentes no Brasil, bem como aqueles que estão apenas visitando o país, tomem precauções, tais como sair acompanhados quando for preciso realizar uma retirada no banco, caixa eletrônico ou trocar dinheiro em casas de câmbio.

Contudo, a recomendação principal é “nunca reagir a um assalto” e procurar imediatamente um consulado japonês local.