Notícias

Inflação no Japão atinge menor nível em dois anos

Foto: Reprodução / Reuters

Desaceleração da economia global por conta da guerra comercial entre EUA e China, aumenta a possibilidade de o Banco do Japão expandir o estímulo.

Atualizado em 21/07/2019

O principal indicador da inflação ao consumidor no Japão desacelerou para o ritmo mais fraco em cerca de dois anos em junho, destacando a longa batalha das autoridade para impulsionar os preços ao consumidor e aumentando a especulação de que o  Banco do Japão (Boj, o banco central japonês) pode adotar mais estímulo neste mês.

Com a  economia global e a produção industrial desacelerando diante da disputa comercial entre Estados Unidos e China, autoridades do Banco do Japão disseram que continuam prontas para expandir o estímulo, juntando-se ao Federal Reserve em sinalizar que um afrouxamento monetário pode acontecer em breve.

O núcleo do  Índice de Preços ao Consumidor (CPI) do Japão, que inclui produtos de petróleo, mas exclui os preços de alimentos frescos, subiu 0,6% em junho na comparação com o ano anterior, igualando a estimativa de economistas.

A leitura de junho foi a mais fraca desde julho de 2017, quando o índice avançou 0,5%. Em maio a alta foi de 0,8%.

O chamado núcleo do núcleo do índice de inflação, que elimina os efeitos dos custos voláteis de alimentos e energia, subiu 0,5% em junho sobre o ano anterior. Ele é observado de perto pelo banco central para avaliar quanto da força da economia se traduziu em aumento de preços.

MN – Mundo-Nipo.com
Fonte: Reuters US.