Notícias

Exportações do Japão recuam mais de 11,% em maio

A queda reflete o iene forte frente às principais moedas internacionais e a lentidão do crescimento global.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

As exportações japonesas recuaram mais que o esperado em maio e registraram o oitavo mês consecutivo de queda anualizada, segundo dados divulgados pelo governo do país, indicando que o resultado reflete o iene robusto e a lentidão do crescimento global.

As exportações de mercadorias recuaram para 5,091 trilhões de ienes (US$ 49 bilhões) em maio, ou seja, declínio de 11,3% na comparação com maio do ano passado, o que representa forte aceleração no declínio em vista que o recuo em abril ficou em 10,1%, de acordo com o relatório preliminar do Ministério da Economia, Comércio e Indústria (METI).

O resultado veio pior que a estimativa mediana de mercado, que projetavam recuo de 10,4% nas exportações em maio.

As importações seguiram registrando queda mais acentuada. Em maio, houve um declínio de 13,8% em relação ao mesmo mês do ano anterior, para 5,132 trilhões. Trata-se do 17º mês consecutivo de retração na base anualizada, um resultado que reflete os preços mais baixos do petróleo e seus derivados.

Como resultado, a balança comercial do Japão atingiu um déficit de 40,7 bilhões de ienes em maio. Economistas previam resultado em sentido contrário, um excedente de 26,5 bilhões de ienes. Em maio de 2015, o país havia registrado déficit de 215,35 bilhões na balança comercial.

As exportações para a China recuaram 14,9% em abril ante igual mês do ano passado, marcando o terceiro mês seguido de retração. A China é o segundo maior importador de produtos japoneses e o principal parceiro comercial do Japão.

Já os embarques com destino aos Estados Unidos, maior importador de produtos feitos no Japão, recuaram 10,7% no mesmo período e base de comparação – terceiro mês consecutivo de queda.

Fontes: MNI – Deutsche Börse Group | METI | Jornal Valor Online.

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •