Notícias

Ministro do Comércio do Japão renuncia após acusação de presentear eleitores

Isshu Sugawara | Foto: Reprodução/ Kyodo

Ministro Sugawara é acusado de presentear seus eleitores com frutas, entre outros alimentos caros, além de dinheiro, o que viola a lei eleitoral japonesa.

O ministro da Indústria e Comércio do Japão, Isshu Sugawara, renunciou na sexta-feira, pouco mais de um mês depois de assumir o cargo, após ser acusado de presentear seus eleitores em Tóquio com melões, laranjas, ovas de peixe e geleia real, um ato que viola a lei eleitoral do país. 

De acordo com denúncias publicadas pela imprensa, Sugawara também é acusado de ter oferecido 20 mil ienes (cerca de R$ 738,00), com forma de condolência à família de um eleitor que havia falecido. 

A lei eleitoral japonesa proíbe os políticos de fazerem doações aos eleitores em sua circunscrição eleitoral. 

As denúncias vieram à tona quando a revista semanal Shukan Bunshun publicou uma reportagem afirmando que a secretária de Sugawara havia oferecido um envelope com cerca de 20 mil ienes à família de um eleitor falecido. 

É costume no Japão dar dinheiro como forma de condolência às famílias que estão de luto. 

A revista também publicou uma lista de presentes enviados por seu escritório, incluindo ovas de bacalhau e caranguejos, assim como as cartas de agradecimento que ele supostamente recebeu dos destinatários. 

Sugawara disse à imprensa na sexta-feira (26) que ainda estava confirmando se de fato infringiu a lei eleitoral, mas decidiu renunciar, de acordo com o jornal Nikkei Asian Review

“Não quero que meus problemas atrasem as deliberações do Parlamento”, afirmou. 

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, disse a repórteres que aceitou a renúncia de Sugawara. “Assumo a responsabilidade por tê-lo nomeado, e peço desculpas ao povo japonês”, disse.

Renúncias por escândalos

A renúncia é um revés para Abe, cujo governo perdeu vários ministros de seu gabinete por conta de escândalos. Hiroshi Kajiyama, um ex-ministro encarregado da revitalização regional, foi escolhido para substituir Sugawara. 

Sugawara é o nono ministro do Gabinete a “entregar” o cargo desde que Abe voltou ao poder em 2012. 

MN – Mundo-Nipo.com 
Fontes: BBC News | Kyodo News.

👉 Notícia atualizada em 27/10/2019.