Notícias

Economistas preveem forte recuo da confiança empresarial no Japão

Foto: Yuya Shino

Analistas justificam a previsão com base na desaceleração da economia global, sobretudo na China, além de forte redução na demanda de semicondutores.

Faltando poucos dias para a divulgação da pesquisa Tankan sobre a confiança empresarial japonesa, um relatório compilado pelo Banco do Japão (BoJ, o banco central japonês), Economistas alertam que os dados têm fortes indícios de que virão negativos.

De acordo com a imprensa japonesa, analistas estão na expectativa de que o índice correspondente a grandes indústrias piore em relação ao levantamento anterior.

Na pesquisa Tankan voltada ao índice de confiança, o banco central japonês comumente consulta cerca de 10 mil empresas e avalia a atitude dos executivos diante da economia.

Contudo, antes da divulgação do relatório trimestral Tankan, analistas de 14 instituições privadas procuram antecipar os resultados. Segundo a emissora pública “NHK’, a previsão deles é de que o índice correspondente a grandes firmas do setor industrial sofra queda significativa, e registre de + 10 a + 16 pontos.

De acordo com o jornal financeiro ‘Nikkei’, a estimativa dos analistas é amplamente inferior aos números da pesquisa anterior, quando o relatório do BoJ apontou um índice de + 19 pontos.

Os analistas justificam a previsão com base na desaceleração da economia global, sobretudo da China, além de uma redução na demanda de semicondutores.

Eles acreditam que o índice correspondente a fabricantes de eletroeletrônicos e de veículos vai “literalmente” despencar.

Quanto a grandes firmas de setores não industriais, 11 das 14 instituições preveem que o índice correspondente vai ficar inalterado em relação ao levantamento anterior, em + 24 pontos, ou sofrerá pequena variação negativa.

Tankan
Tankan é a abreviação para kigyo tanki keizai kansoku chosa, que literalmente quer dizer “Observação da Economia de Curto Prazo”. A sigla é o título de uma pesquisa trimestral de confiança dos negócios reportado pelo Banco do Japão e que mostra o nível atual da economia japonesa.

MN – Mundo-Nipo
Fontes: NHK News | Nikkei.