Notícias

Exportações do Japão caem pelo oitavo mês consecutivo

Porto de Tóquio | Foto: Wikimedia Commons

Apenas para a China, Japão teve retração na demanda de quase 10%, registrando um déficit comercial equivalente a US$ 2,35 bilhões.

Atualizado em 02/09/2019

As exportações do Japão recuaram mais de 1% em julho na comparação anual, marcando o oitavo mês de retração, informou do governo do país, sinalizando que a ampla série de declínio é reflexo da desaceleração da economia global, principalmente na China, além dos efeitos negativos emanados pela ferrenha guerra comercial que Pequim vem travando com os Estados Unidos.

Divulgados esta semana, os números do Ministério das Finanças mostram que as exportações globais do Japão caíram 1,6% em julho ante o mesmo mês de 2018.

A leitura, no entanto, é melhor que a previsão de economistas para o sétimo mês do ano. Segundo o jornal financeiro Asian Nikkei, o mercado estimava retração mediana de 2,3% nas exportações japonesas no período.

Como resultado, a balança comercial do Japão registrou um déficit equivalente a US$ 2,35 bilhões em termos anualizados, de acordo com o relatório do ministério.

A guerra comercial entre EUA e China tem afetado amplamente o Japão, uma vez que esses dois países em conflito são seus maiores parceiros comerciais, principalmente a China, maior comprador dos produtos japoneses no setor de maquinários, de chips e de autopeças.

MN – Mundo-Nipo.com