Notícias

Vendas no varejo do Japão crescem mais que o esperado em novembro

Reprodução/Kyodo

Os fortes gastos no varejo em novembro sinalizam que a economia japonesa está em progresso estável.

Atualizado em 30/12/2017


O ritmo de crescimento das vendas no varejo do Japão acelerou em novembro, apresentando um avanço acima do estimado pelo mercado, de acordo com dados preliminares divulgados pelo governo do país, corroborando os recentes números animadores do principal indicador da inflação ao consumidor japonês, que ampliou sua série de alta ao registrar em novembro o 11º avanço consecutivo.

O relatório do Ministério de Economia, Comércio e Indústria mostra que as vendas subiram 2,2% em novembro ante o mesmo mês do ano passado, marcando o décimo segundo avanço mensal do indicador, maior sequência de crescimento desde 2010.

Divulgada na quinta-feira (28), a leitura é amplamente superior à previsão mediana de economistas consultados pelo jornal financeiro ‘Nikkei’, que esperavam aumento de 1,2% para o penúltimo mês do ano.

Os fortes gastos no varejo em novembro sinalizam que a economia japonesa está em progresso estável, caminhando com chances de alcançar a meta de inflação de 2% pretendida pelo Banco do Japão (BoJ, o banco central japonês).

Além disso, o crescimento do Japão neste ano superou as expectativas de alguns economistas e seus mercados acionários avançaram devido ao aumento dos lucros corporativos, levando alguns operadores a se questionarem se o Banco do Japão deveria reduzir seu agressivo afrouxamento monetário.

Do Mundo-Nipo
Fonte: Nikkei Asian.