Notícias

Ex-ministra vence eleições e torna-se primeira mulher a governar Tóquio

Yuriko Koike é a primeira mulher a assumir o governo de Tóquio (Foto: Reina Kitamura/AJW)

Yuriko Koike concorreu ao cargo mesmo sem o consentimento de seu partido, o PLD.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A ex-ministra japonesa do Meio Ambiente, Yuriko Koike, venceu neste domingo (31) as eleições ao governo de Tóquio, tornando-se assim a primeira mulher a ocupar o cargo na história do Japão.

Mais de dez milhões de habitantes na capital japonesa foram convocados neste domingo às urnas para escolher seu novo governador. Os colégios eleitorais da região metropolitana de Tóquio abriram suas portas às 7h (horário local), 19h de sábado em Brasília.

A grande vencedora do pleito se candidatou ao cargo sem o consentimento de seu partido, o PLD (Partido Liberal Democrata – LPD, sigla em inglês). Koike, de 64 anos, derrotou dois rivais principais e agora vai governar uma das maiores e mais importantes metrópoles do mundo, ou seja, Tóquio, cidade com mais de 13 milhões de habitantes.

O pleito aconteceu depois da renúncia do governador, após dois anos no cargo, Yoichi Masuzoe, por causa de um escândalo de despesas indevidas de fundos públicos.

Entre o número recorde de 21 candidatos, a ex-ministra partiu como favorita e derrotou o ex-ministro de Assuntos Internos Hiroya Masuda, escolhido como preferido da coalizão entre o partido governista PLD e Komeito, e o jornalista veterano Shuntaro Torigoe, que foi apoiado pelo principal bloco de oposição liderado pelo Partido Democrático e o Partido Comunista japonês.

Como parte de sua plataforma de governo, Koike prometeu se empenhar para colocar Tóquio de volta a sua posição como a capital internacional de liderança financeira da Ásia, posição qu perdeu para Singapura e Hong Kong.

Koike assumirá o cargo de forma rápida. Sua primeira tarefa oficial, e internacional, na agenda como governadora é assistir aos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro.

É esperado que a nova governadora, que agora é a pessoa encarregada de preparar a cidade para os Jogos Olímpicos de 2020, “arrume a bagunça” deixada pelo ex-governador Masuzoe, destaca a agência de notícias Kyodo.

Fontes: Agência Efe | Agência Kyodo | The Asahi Shimbun.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •