Notícias

Incêndio consome precioso castelo no sul do Japão

Castelo de Shuri em chamas | ©Kyodo

Localizado em Okinawa, o Castelo de Shuri tem mais de 500 anos. A preciosa edificação foi denominada Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 2000.

Um incêndio de grandes proporções praticamente destruiu o Castelo de Shuri, na ilha de Okinawa, no sul do Japão. Construído há cerca de 500 anos pela Dinastia Ryukyu, o castelo é um dos Patrimônios da Humanidade da Unesco.

O Corpo de Bombeiros da cidade de Naha, capital de Okinawa, foi chamado por volta das 2h40 de quinta-feira, horário local (14h40 de quarta-feira em Brasília) para combater as chamas.

Cerca de 10 caminhões da corporação foram levados ao local. Menos de 5 horas após o início do incêndio, o fogo já havia devastado cerca de 4,2 mil metros quadrados da preciosa edificação.

Centenas de bombeiros foram deslocados para o castelo | Foto: Reprodução/Kyodo

Segundo as investigações preliminares, as chamas surgiram primeiro perto do pavilhão central. Os pavilhões norte e sul também foram afetados, e várias portas continuavam queimando seis horas depois de o fogo ter se alastrado, segundo as autoridades locais, que não divulgou se o incêndio deixou feridos.

Um festival que recria cenas dos rituais do Reino de Ryukyu estava sendo preparado por funcionários do castelo. Acredita-se que nenhum deles estava presente quando o incêndio teve início. O festival, que deveria ocorrer no próximo domingo, foi cancelado.

Governo e Unesco expressam solidariedade

O secretário-chefe do gabinete e porta-voz do governo japonês, Yoshihide Suga, disse em uma entrevista coletiva que “o Castelo Shuri é um símbolo extremamente importante para Okinawa”, acrescentando que o governo “fará o possível para reconstruir” o castelo.

A prefeita de Naha, Mikiko Shiroma, disse em coletiva de imprensa que estava “extremamente triste” e “chocada”. “Perdemos nosso símbolo”, disse ela.

“Isso é uma perda para toda a humanidade”, tuitou a diretora geral da UNESCO, Audrey Azoulay, expressando “profunda emoção e sincera solidariedade com o povo japonês”.

Castelo resiliente

O castelo foi originalmente construído no final do século XIV pela Dinastia Ryukyu. Ele era, até então, um dos principais destinos turísticos da região e foi declarado Tesouro Nacional em 1933.

Parque no entorno do castelo passou por obras em 1995 | Foto: Divulgação Naha.gov.

O palácio foi destruído na Segunda Guerra Mundial, durante a Batalha de Okinawa, em 1945. Porém, em 1992, o pavilhão central foi reconstruído e, em seguida, as demais construções do complexo, que foi reaberto como um parque nacional.

Castelo de Shuri em 2014 | Foto: Divulgação Naha.gov.

No ano 2000, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) declarou o Castelo de Shuri como Patrimônio Mundial entre os nove sítios, ruínas e monumentos incluídos nas propriedades relacionadas ao reino de Ryukyu, antes da integração das ilhas Okinawa ao Japão (que ocorreu no século XIX).

MN – Mundo-Nipo.com
Fontes: Agência EFE | NHK News | Kyodo News.