Incêndio consome precioso castelo no sul do Japão

Localizado em Okinawa, o Castelo de Shuri tem mais de 500 anos. A preciosa edificação foi denominada Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 2000.
Castelo de Shuri em chamas Foto Reproducao YouTube Kyodo
Castelo de Shuri em chamas | ©Kyodo

Um incêndio de grandes proporções praticamente destruiu o Castelo de Shuri, na ilha de Okinawa, no sul do Japão. Construído há cerca de 500 anos pela Dinastia Ryukyu, o castelo é um dos Patrimônios da Humanidade da Unesco.

O Corpo de Bombeiros da cidade de Naha, capital de Okinawa, foi chamado por volta das 2h40 de quinta-feira, horário local (14h40 de quarta-feira em Brasília) para combater as chamas.

Cerca de 10 caminhões da corporação foram levados ao local. Menos de 5 horas após o início do incêndio, o fogo já havia devastado cerca de 4,2 mil metros quadrados da preciosa edificação.

Castelo de Shuri entrada com bombeiros Foto Reprodução Kyodo
Centenas de bombeiros foram deslocados para o castelo | Foto: Reprodução/Kyodo

Segundo as investigações preliminares, as chamas surgiram primeiro perto do pavilhão central. Os pavilhões norte e sul também foram afetados, e várias portas continuavam queimando seis horas depois de o fogo ter se alastrado, segundo as autoridades locais, que não divulgou se o incêndio deixou feridos.

Um festival que recria cenas dos rituais do Reino de Ryukyu estava sendo preparado por funcionários do castelo. Acredita-se que nenhum deles estava presente quando o incêndio teve início. O festival, que deveria ocorrer no próximo domingo, foi cancelado.

Governo e Unesco expressam solidariedade

O secretário-chefe do gabinete e porta-voz do governo japonês, Yoshihide Suga, disse em uma entrevista coletiva que “o Castelo Shuri é um símbolo extremamente importante para Okinawa”, acrescentando que o governo “fará o possível para reconstruir” o castelo.

A prefeita de Naha, Mikiko Shiroma, disse em coletiva de imprensa que estava “extremamente triste” e “chocada”. “Perdemos nosso símbolo”, disse ela.

“Isso é uma perda para toda a humanidade”, tuitou a diretora geral da UNESCO, Audrey Azoulay, expressando “profunda emoção e sincera solidariedade com o povo japonês”.

Castelo resiliente

O castelo foi originalmente construído no final do século XIV pela Dinastia Ryukyu. Ele era, até então, um dos principais destinos turísticos da região e foi declarado Tesouro Nacional em 1933.

Castelo de Shuri passou por obras em 1995 Foto divulgação
Parque no entorno do castelo passou por obras em 1995 | Foto: Divulgação Naha.gov.

O palácio foi destruído na Segunda Guerra Mundial, durante a Batalha de Okinawa, em 1945. Porém, em 1992, o pavilhão central foi reconstruído e, em seguida, as demais construções do complexo, que foi reaberto como um parque nacional.

Castelo de Shuri em 2014 Foto divulgação
Castelo de Shuri em 2014 | Foto: Divulgação Naha.gov.

No ano 2000, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) declarou o Castelo de Shuri como Patrimônio Mundial entre os nove sítios, ruínas e monumentos incluídos nas propriedades relacionadas ao reino de Ryukyu, antes da integração das ilhas Okinawa ao Japão (que ocorreu no século XIX).

MN – Mundo-Nipo.com
Fontes: Agência EFE | NHK News | Kyodo News.

Total
45
Shares
Previous Article
Shigeru Miyamoto Foto Getty Images

Criador de 'Mario' é premiado no Japão por contribuições culturais

Next Article
Família Imperial do Japão em outubro de 2019 Foto Kyodo

Mais de 80% dos japoneses são a favor que mulheres ascendam ao trono

Related Posts