Política

Japão fica em posição difícil após condenar atividade da Rússia na Ucrânia

O Japão ficou em uma posição difícil nesta segunda-feira (03) após se juntar ao G-7 para condenar veemente inserção de tropas russas…

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

O Japão ficou em uma posição difícil nesta segunda-feira (03) após se juntar ao G-7 para condenar veemente a inserção de tropas russas na península da Criemia, na Ucrânia, uma vez que o governo japonês vem estreitando os laços com a Rússia.

O premiê Shinzo Abe tentou aproximas os laços entre Japão e Rússia nos últimos meses, em uma tentativa de ampliar as relações econômicas com o país rico em recursos naturais e promover a resolução sobre a disputa territorial por quatro ilhas ao norte de Hokkaido.

Contudo, a declaração emitida pelo Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão, Grã-Bretanha e Estados Unidos condenando a Rússia de “claramente violar a soberania e a integridade territorial da Ucrânia”, pode afetar os laços construídos pelo governo japonês.

Nesta segunda-feira  secretário-chefe de Gabinete Yoshihide Suga pediu que todas as partes envolvidas se contenham.

“Nosso país espera que todas as partes envolvidas se comportem com cuidado, com auto-contenção e responsabilidade”, disse Suga .

 

Do Mundo-Nipo com Japan Times.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta