Política

Eleições para Câmara Baixa do Japão é marcada por recorde de abstenção

Muitos eleitores preferiram ficar em casa, duvidosos sobre a estratégia de Abe para reavivar a economia japonesa.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo com Agências


 

A coalizão do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, teve uma grande vitória eleitoral neste domingo (14), garantindo 325 assentos na Câmara Baixa, de 475 membros, o suficiente para manter a sua maioria, mas o baixo comparecimento às urnas apontou para uma ampla insatisfação com seu desempenho no cargo.

Depois de se concentrar a maior parte de sua campanha sobre a economia, Abe disse em uma entrevista à TV Asahi neste domingo que iria perseguir com seu objetivo de emendar a Constituição Pacifista do país, uma questão controversa, mas ele evitou maiores comentários, prometendo não mudar “drasticamente” a postura de defesa da nação.

O Partido Liberal Democrático (LDP) de Abe e seu aliado, o partido Komeito, agora são maioria na Câmara, o que facilita os trabalhos parlamentares.

“Eu acredito que o público aprovou os dois anos de nossas políticas ‘Abenomics'”, disse Abe na entrevista. “Mas isso não significa que nós possamos ser complacentes”, acrescentou.

Muitos eleitores, no entanto, preferiram ficar em casa, duvidosos tanto da estratégia do premiê – conhecida como “Abenomics”, que visa a acabar com a deflação e gerar crescimento no país – quanto da capacidade da oposição de formular um plano melhor, apontando para um recorde de baixo comparecimento às urnas, segundo dados preliminares.

Com um total de 1.191 candidatos que disputaram as 475 cadeiras na Câmara dos Deputados, a votação de domingo era amplamente vista como um referendo sobre as políticas econômicas de Abe – uma combinação de políticas de flexibilização radical da política monetária, estímulo fiscal e os votos de reforma estrutural.

O comparecimento às urnas já havia atingido um recorde de baixa no pós-guerra de 59,3% em 2012, nas eleições que colocaram Abe de volta no poder para um raro segundo mandato com promessas para reanimar uma economia assolada pela deflação e pelo envelhecimento e diminuição da população.

Resultados das eleições:

Tabela com resultados das eleições parlamentares do Japão (Imagem: Kyodo/Edição MN)

*Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta