Economia Política

Ministro das Finanças dá “luz verde” para uso de dinheiro público em Fukushima

Taro Aso autorizou o uso de dinheiro dos contribuintes para limpar as áreas contaminadas em torno da usina em Fukushima.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

O ministro das Finanças do Japão, Taro Aso, disse nesta terça-feira (29) que seu ministério “dá luz verde” ao uso de dinheiro do governo para limpar as áreas contaminadas com radiação em torno do complexo nuclear Fukushima Daiichi, operado pela Companhia de Energia Elétrica de Tóquio (Tepco, na sigla em inglês).

 

Taro Aso (Foto: Kyodo)

O governo não chegou a um consenso sobre a ideia que pode provocar uma forte reação pública (Foto: Kyodo)

 

“Eu me pergunto se podemos colocar toda a culpa na Tepco, uma vez que (a política nuclear) tem sido enquadrada pelo governo do estado”, disse Aso em uma conferência de imprensa.

As declarações foram feitas após o anúncio do Ministério da Indústria, na segunda-feira (28), sobre considerar isentar a Tepco de pagar a maior parte dos custos relacionados com a limpeza das áreas contaminadas.

O governo, no entanto, não chegou a um consenso sobre a ideia que pode provocar uma forte reação pública, já que a isenção implica ajudar a operadora com o dinheiro dos contribuintes, uma vez que no âmbito legal, após o desastre nuclear na usina Fukushima Daiichi, em 2011, a Tepco é obrigada a pagar os custos com a descontaminação que foram suportados pelo Estado.

As informações são da agência Kyodo – Todos os direitos reservados.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •