Sociedade

Número de crianças no Japão atinge mínima histórica

O número de crianças com idades até 14 anos caiu a um nível recorde, enquanto o de pessoas com mais de 65 anos continua aumentando.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

O número de crianças com idades até 14 anos caiu a um nível recorde no Japão, enquanto o número de pessoas com mais de 65 anos continua aumentando, mostraram dados do governo neste domingo (4), refletindo a tendência de queda continua na taxa de natalidade do país.

Até 1º de abriu, foram registrados 16,33 milhões de jovens com menos de 15 anos, uma queda de 160 mil em relação ao ano anterior, informou o Ministério de Assuntos Internos em seu relatório anual, divulgado na véspera do feriado nacional do Dia das Crianças, que é celebrado no dia 5 de maio no Japão.

Este é o 33º ano consecutivo de retração desde que os dados começaram a ser compilados, em 1950, ano em que o país registrou 13 milhões de jovens a uma proporção de quase 20% em relação ao total da população.

Jovens com menos de 15 anos representam apenas 12,8% da população japonesa, enquanto a porcentagem de pessoas com mais de 65 anos é de 25,6%, o que representa um novo recorde. Segundo estatísticas do governo, esta portentagem irá aumentar para cerca de 40% em 2060.

Entre os principais países que têm pelo menos 40 milhões de habitantes, o Japão é o que tem a proporção mais baixa de crianças em relação a sua população. Na China, esta porcentagem é de 16,4%, enquanto nos Estados Unidos ela sobe para 19,5%.

(Do Mundo-Nipo com Agência Kyodo)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta