Diversão

Crianças se divertem em banheira de ‘abóbora gigante’ no solstício de inverno do Japão

Em comemoração ao solstício de inverno, uma casa de banho público em Miyagi esculpiu uma enorme abóbora em forma de banheira e colocou a disposição para as crianças.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

No Japão, tomar banho quente e comer abóbora no dia do ano com menos luz solar, no solstício de inverno, é dito proteger as pessoas de resfriado. E foi pensando nisso que uma casa de banho público em Ishinomaki, na província de Miyagi, esculpiu uma enorme abóbora em forma de banheira e colocou a disposição para que as crianças aproveitassem a data embebidas na água quentinha de uma “diferenciada banheira”.

 

Banheira de abóbora (Imagem: Reprodução/NHK)

A gigantesca abóbora foi cultivada por um agricultor local (Imagem: Reprodução/NHK)

 

A gigantesca abóbora, medido um metro de diâmetro e 80 centímetros de profundidade, foi cultivada por um agricultor local. Segundo a emissora NHK, ele disse que a colheita deste ano foi maior que a média, graças ao bom tempo.

A água para o banho quente na abóbora foi preparada com o fruto yuzu. Diz-se que banhar-se com esta fruta no solstício de inverno também mantém o médico longe, ou seja, banho com yuzu proporciona saúde.

Algumas crianças tiveram que se banhar com a ajuda dos pais, já que a profundidade de quase um metro da enorme abóbora não permitia a crianças menores alcançar o fundo.

Um menino de 11 anos disse que gostou do aroma do yuzu, mas salientou que esperava sementes e cheiro de abóbora na água.

 

Confira o banho das crianças no vídeo da emissora NHK:

 

Sobre o solstício de inverno

Segundo ‘Vidasenvoltas’, é o dia mais curto do ano. Dia em que o sol atinge a sua mais baixa posição, ou seja: noite mais longa. A data, no entanto, pode variar de ano a ano. Em 2013, a data que marca o dia do solstício de inverno, Tōji, no Japão, é em 22 de dezembro.

Não é novidade que o Japão é um país que mantém suas tradições e cercado de crenças e superstições. Para os japoneses, cada data específica tem significados, muitas vezes pelos trocadilhos, favorecida por uma de suas formas escritas, o kanji, que são os ideogramas.

Com origem na China, festas, encontros, rituais diversos e festivais são realizados para celebrar o solstício de inverno.

Baseados no conceito também chinês yin e yang – filosofia de equilíbrio e harmonia no cosmos – acreditam que, após a festa, os dias serão mais longos, aumentando assim o fluxo de energia positiva.

Nesta crença, estão partindo do negativo para o positivo, saindo da sombra ao encontro da sorte.
Trata-se de um momento em que a sorte está recomeçando e, portanto, é o renascimento.

 

Tradições

Comer abóbora no dia do solstício de inverno é uma tradição desde o período Edo. Muitos acreditam que atrai sorte financeira e afugenta doenças típicas de inverno.

Outra tradição da data é o yuzuyu, banho de água quente com cidra,yuzu. Existe uma crença de que quem entra no inverno tomando esse banho não pega resfriado.

Para saber mais sobre o solstício de inverno, visite o blog Vidasemvoltas.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta