Meio ambiente e Energia

Comissão de Energia Atômica do Japão limita reprocessamento de combustível nuclear

O reprocessamento de combustível nuclear só deve ser implementado quando se confirmar se será usado para reatores comerciais.

Do Mundo-Nipo

Um membro da Comissão de Energia Atômica do Japão disse nesta terça-feira que o reprocessamento de combustível nuclear deve ser implementado apenas quando se tornar claro que o plutônio extraído no processo será usado para reatores comerciais.

A proposta foi feita depois que um grupo de operadores das principais usina nucleares do Japão desistiram da elaboração de uma plano até o final de março sobre como usar cerca de 0,4 toneladas de plutônio físsil  a partir de abril, dada a incerteza pela retomada dos reatores nucleares do país, na sequência da crise nuclear em Fukushima Daiichi em 2011.

“Sob a atual sequência, o primeiro plano de reprocessamento é apresentado e, em seguida, onde usar plutônio é considerado… levando a um aumento nos estoques”, disse Tatsujiro Suzuki, vice-presidente da comissão, durante uma reunião nesta terça-feira, conforme informações da agência Kyodo.

 

Veja mais notícias sobre Energia em mundo-nipo.com/meio-ambiente-e-energiaSiga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários