Notícias

Prejuízos por tufões no norte do Japão passam dos US$ 230 milhões

Tufão Lionrock provocou inundações severas em Hokkaido (Foto: Kyodo)

O ministério da Agricultura criou uma força-tarefa para calcular os danos nas lavouras em Hokkaido e Tohoku.

O Ministério da Agricultura do Japão anunciou, nesta quinta-feira (1), que está calculando os prejuízos na indústria agropecuária causados por tufões, incluindo tempestades tropicais, que atingiram o norte do Japão no mês de agosto. Segundo cálculos iniciais, o montante dos danos já ultrapassa dos US$ 230 milhões.

O ministério criou uma força-tarefa para calcular os danos em Hokkaido, ilha no extremo norte do país, e em partes do nordeste japonês, regiões que foram severamente atingidas por três tufões somente nas duas últimas semanas de agosto, além de uma tempestade tropical em meados do mesmo mês, de acordo com a agência de notícias ‘Kyodo’.

Nessas regiões, os agricultores se preparavam para a colheita da produção quando esses fenômenos climáticos devastaram grande parte das plantações.

No primeiro encontro da força-tarefa, ocorrido nesta quinta-feira (1), o ministro da Agricultura, Yuji Yamamoto, instruiu seus funcionários a se empenharem ao máximo para ajudar pecuaristas, agricultores e pescadores, de forma que eles possam retomar seus trabalhos o mais rápido possível, informou a emissora pública ‘NHK’.

Segundo o ministério, a tempestade tropical provocada pelo tufão Chanthu causou prejuízos avaliados em US$ 30 milhões, enquanto os fenômenos Kompasu e Mindulle, combinados, totalizaram danos superiores a US$ 200 milhões.

Ainda de acordo com a ‘NHK’, a força-tarefa ainda avalia os efeitos provocados pelo poderoso tufão Lionrock, que atingiu Hokkaido e região nordeste na última semana de agosto. Contudo, a equipe adianta que o fenômeno causou prejuízo generalizado para a lavoura, principalmente de cebolas e de batatas, produtos que, certamente, terão preços elevados na época da safra.

O vídeo abaixo mostra algumas imagens da destruição provocada pelo tufão Lionrock em Hokkaido:

Comentários