Notícias

Dólar cai 0,84% e fecha no menor nível desde julho de 2015

No mês de agosto, o dólar acumula queda de 3,1% (Foto: Aflo Images)

O dia foi de baixo volume, com investidores de olho em importantes votações no Congresso Nacional.

O dólar seguiu o exterior nesta terça-feira (9) e fechou na menor cotação em mais de um ano, abaixo dos R$ 3,15, em dia de baixo volume nos negócios antes de importantes votações no Congresso Nacional.

A moeda norte-americana caiu 0,84%, cotada a R$ 3,1411 na venda, menor nível de fechamento desde 15 de julho de 2015, quando a divisa valia R$ 3,1360. Na mínima do dia, o dólar chegou a R$ 3,1282 e, na máxima, foi a R$ 3,1760.

Trata-se da sexta queda consecutiva do dólar, que acumula perdas de 3,1% em agosto. No ano, a desvalorização da divisa norte-americana é de 20,4%.

Segundo a agência de notícias Reuters, os investidores se mantiveram atentos no cenário político local. O plenário da Câmara dos Deputados deve avaliar nesta terça-feira o projeto da renegociação da dívida dos Estados. Além disso, o Senado decidirá ainda hoje se a presidente afastada Dilma Rousseff irá a julgamento final no processo de impeachment.

Fechamento de véspera
Na segunda-feira (8), o dólar fechou em leve baixa de 0,04%, vendida a R$ 3,1677, após operar com instabilidade. O dia de ontem foi marcado pelas preocupações com o cenário político e o governo interino de Michel Temer, que ofuscaram o bom humor nos mercados externos.

Comentários