Notícias

Caminhão atropela dezenas e deixa um morto após festival no Japão

Foto: Reprodução/ANN

O caminhão atingiu um grupo de 37 pessoas que voltava de um festival em Kannonji.

Uma pessoa morreu e outras 36 ficaram feridas depois que um caminhão se chocou contra uma multidão de pessoas que retornavam de um festival em Kannonji, na prefeitura de Kagawa, sul do Japão.

O motorista de caminhão, Takayuki Okawa, de 42 anos, foi levado em custódia policial depois que seu veículo de 19 toneladas atingiu um grupo de pessoas que estavam acompanhando o transporte de um grande suporte de tambor (taiko) usado no Matsuri Kannonji, evento que faz parte dos festivais de outono no Japão.

Segundo a polícia local, o acidente aconteceu por volta das 21h55 locais de sábado (9), na Estrada Nacional 11 de Akita, município de Kannonji. Os festivaleiros estavam levando o suporte de tambor para guardar em um armazém.

O grupo tinha permissão para carregar o suporte pelo lado esquerdo da rodovia. Contudo, o motorista os pegou por trás, não dando chances ao grupo de escapar da investida do caminhão.

Noriyuki Tomida, de 52 anos e que atuava como professor de uma escola secundária local, morreu no incidente, enquanto 36 pessoas com idade entre 7 e 51 anos ficaram feridas, com quatro em estado grave, segundo a polícia.

Em depoimento, Okawa disse que “estava meio tonto e que não prestou atenção no grupo de pessoas na estrada”.

O atropelamento ocorreu em um trecho reto da estrada, com os participantes do festival caminhando na frente de um suporte que levava o grande tambor. “O motorista não conseguiu frear antes de atingir a multidão”, disse um dos investigadores à agência de notícias ‘Kyodo’.

Em nota, a companhia transportadora que emprega Okawa lamentou sobre o ocorrido e prometeu dar assistência à família da vítima fatal, bem como a todos que ficaram feridos no incidente.

O caminhão estava transportando madeira a partir da província de Ehime, com destino às províncias de Gunma e de Tochigi, de acordo com a transportadora.

Com Agência Kyodo

Comentários