Notícias

Apoio ao governo de Shinzo Abe sobe 5 pontos em setembro

Foto: Arquivo/Kyodo

É a primeira vez em 3 meses que a taxa de aprovação supera a de desaprovação.

O índice de aprovação ao governo do primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, superou o de desaprovação pela primeira vez em três meses, de acordo com a pesquisa mensal realizada pela emissora estatal japonesa ‘NHK’ e divulgada na última quarta-feira (13).

A pesquisa da emissora foi feita por telefone durante o último fim de semana, na qual entrevistou 1.285 pessoas com idade a partir de 18 anos.

Os dados da sondagem mostram que 44% dos entrevistados apoiam o governo de Abe, um aumento de cinco pontos em relação a pesquisa realizada no mês passado.

Enquanto isso, a taxa de desaprovação caiu 7 pontos, para 36%. É a primeira vez em 3 meses que a taxa de aprovação excedeu a de desaprovação.

Os dados da mais recente pesquisa mostram ainda que 50% dos inqueridos que apoiam o governo de Abe acreditam que “o novo gabinete parece melhor do que os anteriores”.

Do total de entrevistados que não apoiam, 35% disseram que não confiam em Abe, enquanto 33% afirmaram que não esperam muito em termos de política.

A pesquisa também abordou as ameaças provocadas pela Coreia do Norte com os testes de mísseis e o programa nuclear. Do total de entrenvistados, 52% disseram que estavam profundamente preocupados, enquanto 35% disseram temer os tetes balísticos até certo ponto.

No Conselho de Segurança da ONU, Estados Unidos e o Japão pressionaram por sanções mais duras contra Pyongyang, incluindo a proibição total das exportações de petróleo. China e Rússia continuam cautelosas sobre tais movimentos.

Em relação a esse tema, 49% dos inquiridos disseram que o embargo do petróleo seria necessário, enquanto 12% disseram que não.

Pesquisa em agosto
O apoio ao governo de Abe vem crescendo desde o mês passado, quando pesquisas feitas pela mídia japonesa mostraram que o índice voltou a subir depois da reforma do gabinete.

Comentários