Notícias

Bolsa de Tóquio fecha em baixa após feriado nacional no Japão

Bolsa de Valores de Tóquio (Foto: Creative Commons)

Investidores estão preocupados com a postura protecionista dos EUA sob a gestão Donald Trump.

A Bolsa de Valores de Tóquio fechou em baixa moderada nesta terça-feira (21), um dia depois do feriado nacional de Equinócio da Primavera, que manteve os mercados financeiros do Japão fechado. O movimento de queda foi influenciado pelas flutuações do câmbio diante de preocupações com movimentos protecionistas sob a gestão Donald Trump nos Estados Unidos.

O Nikkei 225, índice que reúne as empresas mais negociadas da bolsa japonesa, caiu 0,34% ante o fechamento anterior, encerrando o primeiro dia útil da semana aos 19.455,88 pontos, após acumular perdas de 0,42% na semana passada.

A política comercial dos EUA voltou a gerar temores depois que o secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, rechaçou uma tentativa de colegas do grupo das maiores economias do mundo (G-20) de condenar práticas protecionistas. Em comunicado divulgado no sábado, após reunião de dois dias, o G-20 deixou de reiterar um tradicional compromisso de “resistir a todas as formas de protecionismo”.

Sinais recentes de que o Fed não tem pressa de aumentar os juros nos EUA, por sua vez, continuaram pesando em ações do setor financeiro em Tóquio. A seguradora T&D Holdings caiu 2,9%, enquanto o Daiwa Securities Group recuou 1,8% e o Mizuho Financial Group perdeu 0,80%.

Também se destacaram negativamente as fabricantes de equipamentos de iluminação Koito Manufacturing (-3%) e de autopeças Aisin Seiki (-2,3%).

Por outro lado, a Nintendo subiu 2,7%, diante das boas expectativas de vendas para seu recém-lançado console de videogame, o Switch

Fontes: Nikke.com | Jornal Estadão.

Comentários