Notícias

Chuvas no Japão causa queda de torre do Castelo de Kumamoto

A torre ficou em ruínas / NHK

Depois de ser danificado no terremoto de 2016, o Castelo de Kumamoto agora sofre com as chuvas.

Uma das torres do imponente Castelo de Kumamoto, no sudoeste do Japão, entrou em colapso devido às fortes chuvas que têm caído em praticamente todo o arquipélago desde o início de junho, que é considerado o mês das chuvas no país, de acordo com a emissora estatal ‘NHK’.

Autoridades da cidade de Kumamoto informaram que a torre, chamada Mototaiko Yagura, foi encontrada em ruínas por seguranças que faziam a vigilância do local na noite de quarta-feira (20).

Felizmente, ninguém ficou ferido, já que a área ao redor da estrutura é mantida isolada desde a série de terremotos que atingiu a província de Kumamoto em 2016, o que abalou a fundação de pedra do castelo e provocou a inclinação da estrutura da torre de madeira, cuja última restauração ocorreu 2003.

Ainda de acordo com a ‘NHK’, agências meteorológicas informaram que a cidade de Kumamoto registrou mais de 200 milímetros de chuva somente na quarta-feira. Autoridades municipais acreditam que as fortes precipitações colocaram peso extra na torre, fazendo com que a estrutura, que já estava danificada, desequilibrasse e, consequentemente, provocou o desabamento da mesma.

Construído no início do século XVII, o Castelo de Kumamoto, , foi severamente danificado pelos terremotos de 2016. A prefeitura de Kumamoto e o governo central decidiram oficialmente em março um plano de 20 anos para restaurar o icônico castelo.

*Confira vídeo com a reportagem da NHK News World Digital.

Comentários