Notícias

Terremoto de 6,6 graus sacode o oeste do Japão e deixa 8 feridos

O mapa mostra o epicentro do tremor e áreas afetadas (Foto: Reprodução/JMA)

O tremor causou corte de energia e gás em mais de 55 mil residências, provocando ainda incêndios em algumas áreas.

Um potente terremoto de magnitude 6,6 na escala Richter atingiu a província de Tottori, na região oeste do Japão, na tarde desta sexta-feira (hora local), o que foi fortemente sentindo em outras províncias na região, informou a Agência Meteorológica do Japão (JMA, na sigla em inglês), acrescentando que, apesar de muito forte, o tremor não provocou risco de tsunami.

De acordo com a JMA, o terremoto ocorreu às 14h07 desta sexta-feira (03h07 no horário de Brasília), com epicentro registrado em Tottori, a 650 km de distância de Tóquio, a uma profundidade de 10 quilômetros. Anteriormente, às 12h12, um tremor de magnitude 4,2 havia sacudido a mesma região.

O forte abalo foi sentindo em uma ampla área da região e atingiu intensidade máxima de -6 graus na escala japonesa, que vai até 7, em Tottori  e de 5+ na província de Okayama. O grau de magnitude equivale à intensidade do terremoto no epicentro, enquanto a escala japonesa considera o nível de abalo sentido na superfície da terra.

Tremores secundários de até 4 graus na escala japonesa continuam ocorrendo em Tottori. A JMA alertou para mais tremores e pediu à população para ficar atenta e procurar abrigos públicos caso as réplicas persistam.

O tremor também foi sentido em Kyoto e Osaka, onde os serviços de trens, incluindo as linhas Shinkasen (trem-bala), foram paralisados entre as cidades de Hakata e Osaka. Alguns aeroportos da região também foram fechados.

Segundo a emissora pública ‘NHK’, o Corpo de Bombeiros em uma cidade de Tottori recebeu chamadas de incêndio minutos depois do terremoto.

O terremoto também afetou alguns prédios, que sofreram rachaduras, provocando ainda corte de energia elétrica e de gás na região, o que afetou mais de 55 mil casas. O fornecimento de água não sofreu interrupção.

Ainda de acordo com a ‘NHK’, autoridades locais informaram que 8 pessoas ficaram feridas, número ainda não oficial. A emissora estatal mostrou imagens de pequenos danos em prédios, enquanto a ‘Nippon Terebi’ informou que uma casa desabou em Yurihama, cidade em Tottori.

O Japão faz parte do chamado “Anel de Fogo do Pacífico”, uma das zonas sísmicas mais ativas do mundo, e sofre terremotos diariamente. Mediante isso, o país possui uma infraestrutura desenvolvida para resistir tremores que poderiam ser fatais em outras partes do mundo.

*Para saber mais detalhes, como cidades atingidas e suas respectivas intensidades na escala japonesa, visite a página com os dados do terremoto no site oficial da JMA.

Comentários