Notícias

Preços ao consumidor do Japão sobem 0,7% ao ano em maio

Foto: Shizuo Kambayashi/AP

Trata-se do décimo sétimo mês consecutivo de aumento do índice em termos anualizados.

O principal indicador da inflação ao consumidor no Japão, ou seja, o Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês), subiu em maio no mesmo ritmo que no mês anterior, não conseguindo acelerar rumo à meta de 2% ao ano do Banco do Japão (BoJ, o banco central japonês), mostraram dados do governo nesta sexta-feira

O núcleo do índice, que inclui todos os itens, inclusive os derivados de petróleo, mas elimina os efeitos de alimentos frescos, subiu 0,7% em maio na comparação anual, de acordo com a leitura divulgada no site do Ministério dos Assuntos Internos e Comunicações do Japão.

Trata-se do décimo sétimo mês consecutivo de aumento do índice em termos anualizados. Contudo, o ritmo de crescimento dos preços vinha desacelerando e agora estagnou.

O resultado mostra como os preços estão difíceis no Japão, apesar do mercado de trabalho apertado. As empresas continuam relutantes em elevar significativamente os preços de seus produtos ou serviços em meio à recente desaceleração no consumo privado, segundo analistas.

Já o núcleo do núcleo do CPI, que exclui os preços voláteis de alimentos frescos e de energia, medida preferida pelo Banco do Japão (BoJ, o banco central japonês) para avaliar a inflação, subiu 0,3% ao ano em maio, ligeiramente abaixo do aumento de 0,4% em abril.

Ainda assim, é pouco provável que o crescimento lento dos preços estimule qualquer ação política do Banco do Japão, dizem os economistas. Eles dizem que o banco central não tem necessidade imediata de afrouxar a política, uma vez que o BoJ se deu flexibilidade na data para atingir a inflação de 2%.

Do Mundo-Nipo
Fontes: Valor Online | Ministério dos Assuntos Internos e Comunicações do Japão.

Comentários