Notícias

Exportações do Japão crescem bem mais que o esperado em agosto

Porto de Yokohama (Foto: Asahi)

O ganho ficou mais de 4% acima do aumento esperado pelos economistas.

Atualizado em 02/10/2017


As exportações do Japão em agosto cresceram bem mais que o esperado, saltando 18,1% no oitavo mês do ano em comparação ao mesmo mês do ano passado, ajudadas pela demanda no exterior por semicondutores e melhora nos embarques de automóveis e autopeças, segundo dados revisados e divulgados pelo Ministério de Finanças do país esta semana.

Trata-se do nono aumento mensal consecutivo nas exportações japonesas. O ganho robusto em agosto ficou acima do aumento de 13,7% esperado pelos economistas consultados pelo ‘The Wall Street Journal’.

A força das exportações tem servido de apoio para o recente crescimento da economia japonesa, embora o gasto privado tenha sido o principal motor da economia no primeiro trimestre fiscal de 2017 (abril a junho), quando registrou avanço de 2,5% na base anualizada.

As importações japonesas cresceram 15,2% em agosto em relação a um ano antes. Com isso, a balança comercial do Japão registrou em agosto um superávit de 113,6 bilhões de ienes, número superior aos 120 bilhões de ienes esperados por um grupo de economistas consultados pelo jornal financeiro “Nikkei”, segundo o jornal ‘Valor Econômico’.

O superávit comercial com os Estados Unidos em agosto subiu 49,6%, para 534,7 bilhões de ienes. As trocas comerciais com os americanos ganharam destaque desde que o presidente Donald Trump colocou o Japão entre os países que mais contribuem para o déficit comercial dos Estados Unidos.

Fontes: Jornal Valor Econômico | Canal NHK News.

Comentários