Política

Premiê japonês promete apoio de “todo o Japão” às reformas de Mianmar

Shinzo Abe é o primeiro-ministro japonês a visitar o Mianmar em 36 anos.

Do Mundo-Nipo

Aung San Suu Kyi e Shinzo Abe em Yangon (Foto: Kyodo)

Aung San Suu Kyi e Shinzo Abe em Yangon (Foto: Kyodo)

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, prometeu neste sábado que “todo o Japão”, incluindo os setores privado e público, vão apoiar as reformas em curso em Mianmar para garantir o desenvolvimento rápido da democracia no país.

Abe, que está numa visita de três dias em Mianmar até domingo (26), disse a repórteres em Yangon que o Japão está ansioso para ajudar no desenvolvimento da infra-estrutura no país, como usinas térmicas, rede de comunicação e de alta velocidade e distribuição de água.

“Ao apoiar o crescimento de Mianmar, o Japão também pode impulsionar o seu próprio crescimento econômico”, disse Abe, acrescentando que ele vai se tornar um “vendedor top” para promover a exportação de tecnologia de infraestrutura japonesa e know-how para nutrir profissionais jurídicos, conforme informações da agência Kyodo.

Shinzo Abe é o primeiro-ministro japonês a visitar o Mianmar em 36 anos. Seu falecido pai, Shintaro Abe, também visitou o país há 30 anos como ministro das Relações Exteriores.

Abe e sua esposa Akie ofereceram flores no Mausoléu dos Mártires em Yangon neste sábado. O monumento é dedicado ao general Aung San e os seus colegas que foram assassinados em 1947 durante o golpe de estado.

O general é conhecido como fundador de Mianmar e é o pai de Aung San Suu Kyi, que lidera a Liga Nacional para a Democracia, o maior partido da oposição de Mianmar.

 

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente e Energia em mundo-nipo.com/meio-ambiente-e-energiaSiga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários