Sociedade

População do Japão reduz pelo 4º ano seguido e número de idosos bate recorde

O número de crianças caiu para 16,2 milhões, enquanto o de idosos atingiu a incrível marca de 33 milhões.

Do Mundo-Nipo com Agências

A população do Japão continua encolhendo a níveis alarmantes, atingindo o quarto ano consecutivo de retração, enquanto a proporção de idosos com idade a partir de 65 anos bateu novo recorde. O cenário só reitera o desafio do governo da terceira maior economia do mundo, como também a mais endividada, para financiar uma das maiores populações de idosos do planeta.

A população encolheu 0,17%, e chegou a 127,083 milhões em 1º de outubro de 2014, redução de 217 mil cidadãos na comparação com um ano antes, o que representa um declínio de cerca de 1 milhão em relação ao seu pico registrado em 2008, informou o Ministério de Assuntos Internos e Comunicações em seu relatório anual sobre índice populacional, publicado no site oficial do órgão na última sexta-feira.

O relatório mostra que a população em idade produtiva, definidos como aqueles entre 15 e 64 anos, reduziu em quase 1,2 milhão, para 77,9 milhões. trata-se do nível mais baixo já registrado em mais de três décadas.

Já o número de crianças com idade de 0 a 14 anos caiu para 16,2 milhões, declínio de quase 160 mil em relação ao ano anterior. O número, que compõe menos de 13% do total da população, representa o segundo ano consecutivo de retração recorde.

Ao mesmo tempo em que o país detém uma das mais baixas taxas de natalidade do mundo, pessoas com idade a partir de 65 anos compõe mais de um quarto da população japonesa, ou seja, 26% do total, atingindo a incrível marca de 33 milhões, o que representa um novo recorde e um aumento de 1,1 milhão na comparação com o registrado em outubro de 2013.

O ministério destaca no relatório que os números incluem estrangeiros de todas as faixas etárias que se encontram no país por mais de 3 meses.

(Com informações da Agência Kyodo e NHK News)

*Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários