Sociedade

Japão ocupa 8º lugar no ranking de países mais pacíficos do mundo

Japão teve ótimo desempenho no indicador de segurança social, de acordo com o estudo Global Peace Index 2015.

Do Mundo-Nipo

Japão foi classificado em 8º lugar no Global Peace Index 2015 (GPI), um estudo anual produzido pelo Institute for Economics and Peace (IEP) e que tem como objetivo avaliar a situação da paz em vários países de cada um dos Continentes do planeta.

O número de mortos em decorrência de guerras triplicou entre 2010 e 2014 e, atualmente, 1% da população do mundo é composta por refugiados ou pessoas deslocadas internamente. Mas enquanto a violência é a regra em certas regiões, outras atingiram níveis históricos de paz, destaca o IEP.

A edição 2015 do estudo avaliou a situação da paz em 162 países, a partir de 23 indicadores. Entre eles, a intensidade dos conflitos nos quais um país está envolvido, os níveis de segurança e criminalidade e também a sua capacidade militar.

A partir da análise destes aspectos, o IEP concedeu pontuações para cada um dos locais em análise e conseguiu determinar quais países são os mais pacíficos e, por consequência, mostrou também quais vivem períodos de grande turbulência.

Os países mais pacíficos são Islândia, Dinamarca e Áustria. Essas nações, segundo o estudo, foram as que mais se empenharam em prol da paz ao longo do último ano, beneficiando o fim de guerras e minimizando envolvimentos em conflitos externos.

Devido ao aumento da agitação civil e atividade terrorista, o Oriente Médio e o Norte da África são agora as regiões menos pacíficas do mundo – pela primeira vez desde que o Global Peace Index teve início, em 2008.

Mesmo com os conflitos envolvendo a China, uma das maiores potências militares do mundo, além da ameaça constante da vizinha Coreia do Norte com seu suposto armamento atômico, Japão conseguiu excelente colocação, ocupando o 8º lugar na classificação geral e 1º lugar na categoria “segurança social”, com destaque para o baixíssimo índice de criminalidade e a preocupação do governo com o bem-estar da população.

Entretanto, a mobilização do governo japonês em mudar a Constituição pacifista do país e assim exercer o chamado direito de “autodefesa coletiva”, o que permitirá Japão usar suas forças militares no exterior, pode ter sido o maior responsável por Japão não estar próximo ao topo da lista.

Apesar disso, Japão se colocou a frente de países famosos pela prosperidade e bem-estar social, além do baixo índice de criminalidade, como Austrália, Suécia e Noruega, por exemplo.

Por região, Japão ficou em segundo lugar no ranking Ásia-Pacífico, atrás somente da Nova Zelândia, que ocupa a 4ª posição no ranking geral. Nessa mesma lista, China ocupa a 15ª posição, enquanto que no geral está classificada no 124º lugar. Coreia do sul é o 8ª no ranking regional e 42ª na classificação geral.

Já o Brasil ficou muito longe de ser um país pacífico, ocupando o 103º lugar. Entretanto, Brasil ficou a frente de países de cenários deteriorados, como Colômbia e Venezuela.

Veja a seguir os 10 países mais pacíficos do mundo (incluindo dados do Brasil):

1. Islândia
Pontuação geral: 1.148

2. Dinamarca
Pontuação geral: 1.150

3. Áustria
Pontuação geral: 1.198

4. Nova Zelândia
Pontuação geral: 1.221

5. Suíça
Pontuação geral: 1.275

6. Finlândia
Pontuação geral: 1.277

7. Canadá
Pontuação geral: 1.287

8. Japão
Pontuação geral: 1.322

9. Austrália
Pontuação geral: 1.329

10. República Tcheca
Pontuação geral: 1.341

103. Brasil
Pontuação geral: 2.122

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários