Ciência e Saúde

Japão aprova novo medicamento contra a influenza

A medicação contendo o agente T-705 vai impedir a replicação do vírus nas células, mas é temido por seus efeitos colaterais.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

O Ministério da Saúde do Japão vai aprovar um novo medicamento contra a influenza já a partir do próximo mês. O medicamento, no entanto, será oferecido para uso limitado devido aos seus efeitos colaterais, informou nesta terça-feira (4) a imprensa japonesa.

A Toyama Chemicals, que tem sede em Tóquio e faz parte do grupo Fujifilm Holdings, recebeu permissão de produzir e comercializar o medicamento que contém o agente favipiravir (T-705), de acordo com a emissora ‘NHK’.

Segundo o ministério, o T-705 impede que os vírus da gripe se repliquem nas células, enquanto os agentes disponíveis atualmente, como o Tamiflu e Relenza, apenas impedem que os vírus escapem das células.

Entretanto, autoridades do país estão preocupadas com a possibilidade de que o agente possa causar sérios efeitos colaterais em alguns pacientes. Um dos maiores temor envolve mulheres grávidas, já que a medicação poderia prejudicar o feto, detalhou a NHK.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta