Economia

Preços mais baixos do petróleo podem impulsionar economia japonesa, diz ministro

O ministro Akira Amari disse que a queda do petróleo deve gerar um acréscimo de 7 trilhões de ienes à economia japonesa.

  •  
  •  
  •  
  • 0
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo com Agência Kyodo

O ministro de Economia do Japão, Akira Amari, disse nesta sexta-feira (9) que a queda global nos preços do petróleo bruto, que recentemente atingiu mínima histórica em mais de cinco anos, deve impulsionar a economia japonesa, podendo gerar um acréscimo anual de 7 trilhões de ienes (cerca de US$ 58,5 bilhões) ao país.

“Os preços do petróleo caíram para menos da metade do que estavam em seu auge. Isso põe um freio na saída de capital e provavelmente beneficiará a economia em cerca de 7 trilhões de ienes”, afirmou Amari durante uma conferência de imprensa nesta sexta-feira, acrescentando que a estimativa é resultado de cálculos do Gabinete do Governo com base em vários dados.

Por outro lado, Amari disse que em vista do petróleo mais barato, haverá uma pressão deflacionária sobre os preços no Japão. “O importante é que os preços de energia não flutuem muito”, disse.

A fraca demanda no consumo e a queda dos preços da commodity configuram um desafio para o primeiro-ministro do país, Shinzo Abe, que tem se esforçado evitar uma deflação.

O Japão, no entanto, depende de importações para mais de 90 por cento das suas necessidades energéticas.

== Kyodo

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  • 0
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta