Notícias

Vulcão entra em erupção em ilha no sudoeste do Japão

Foto: Arquivo/AFP

O vulcão na ilha de Satsumaio está localizado a 90 quilômetros ao sul da cidade de Kagoshima. Esta foi a primeira erupção desde 2013.

Um vulcão entrou em erupção na ilha de Satsumaio, no sudoeste do Japão, no sábado (2), informou a agência Kyodo, acrescentando que, até o momento, não há relatos de feridos.

A pequena erupção ocorreu por volta das 17h35 locais de sábado (05h35 no horário de Brasília), o que levou a Agência Meteorológica do Japão (JMA) a elevar o nível de alerta para o vulcão, subindo de 1 para 2 na escala vulcânica que vai até 5.

O nível 2 significa que as pessoas devem ficar distantes da cratera do vulcão, que pode lançar rochas e fluxos piroclásticos em um raio de um quilômetro.

De acordo com a JMA, no momento da erupção, uma nuvem de cinzas jorrou da cratera e atingiu mais de 1.000 metros de altitude.

Esta foi a primeira erupção na ilha de Satsumaio desde junho de 2013, de acordo com a agência, que alertou sobre prováveis pequenas erupções que poderão ocorrer ao longo dos próximos dias.

A ilha de Satsumaio está localizada a 90 quilômetros ao sul da cidade de Kagoshima, capital da província homônima, e o povoado mais próximo do vulcão fica na vila de Mishima, onde moram aproximadamente 400 pessoas.

A agência emitiu o alerta de nível 2 para o vulcão em março de 2018, quando foram registradas pequenas perturbações vulcânicas no local. Mas, no mês seguinte, a JMA reduziu o nível para 1 em razão de o vulcão não ter apresentado mais nenhuma atividade ameaçadora.

Esta erupção na ilha de Satsumaio ocorre menos de uma semana após o vulcão Shindake entrar em erupção por conta de um terremoto em grande escala nas proximidades.

Estas atividades preocupam, em vista que o vulcão Shindake é localizado na ilha de Kuchinoerabu, também na província de Kagoshima. 

MN – Mundo-Nipo.com
Fonte: Kyodo News.

👉 Matéria atualizada em 03/11/2019.