Notícias

Japão eleva nível de alerta no vulcão Shindake após terremoto

Foto: Arquivo/Kyodo

O nível de alerta foi elevado no vulcão em Kagoshima por conta de um terremoto em grande escala registrado perto da cratera na noite anterior.

O nível de alerta para um vulcão em uma ilha no sudoeste do Japão foi elevado nesta segunda-feira (28), após um terremoto em grande escala ter sido registrado perto da cratera na noite anterior, advertiu a Agência Meteorológica do Japão (JMA).

O vulcão no Monte Shindake, localizado na ilha de Kuchinoerabu, na província de Kagoshima, teve o nível ampliado para 3, de um total de 5 na escala de alerta vulcânico.

De acordo com a JMA, o nível 3 significa que as pessoas devem manter distância da montanha, mas não implica na evacuação imediata das povoações mais próximas.

A montanha teve uma série de erupções vulcânicas com fluxos piroclásticos em dezembro e janeiro, mas o nível de alerta foi reduzido de 3 para 2 em junho, visto que nenhuma erupção havia sido registrada desde fevereiro.

“Existe a possibilidade de ocorrer uma erupção de magnitude semelhante à de janeiro, quando os fluxos piroclásticos atingiram um ponto a 1,9 km de distância da cratera”, disse uma autoridade da JMA em entrevista coletiva hoje (28).

Mediante isso, a Agência alertou sobre queda de rochas e fluxos piroclásticos a 2 quilômetros da cratera.

Em maio de 2015, todos os residentes da ilha foram evacuados para a Ilha Yakushima, cerca de 12 km a leste de Kuchinoerabu, após erupções explosivas do vulcão que é localizado a aproximadamente 130 km ao sudoeste da cidade de Kagoshima.

Da Kyodo News / Tradução e edição do Mundo-Nipo.com (MN).