Notícias

Dólar fecha perto da estabilidade após ter encostado em R$ 2,30

Na semana, a divisa norte-americana já acumulada queda de 1,01%.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

O dólar fechou praticamente estável nesta quinta-feira (6), em um dia que os investidores aproveitaram para comprar divisas quando a cotação encostou no patamar de R$ 2,30, considerado um piso informal importante.

O dólar comercial encerrou o dia com leve alta de 0,06%, cotado a R$ 2,3212 para a venda.

Na semana, a divisa norte-americana acumulada queda de 1,01%. No ano, a desvalorização é de 1,54%.

Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em torno de 1,5 bilhão de dólares.

A moeda norte-americana operou em queda durante grande parte do dia, chegando a encostar em R$ 2,30. Com o valor baixo, investidores aproveitaram para comprar, fazendo com que o dólar passasse a ter, então, leve alta nas últimas horas das negociações, de acordo com o UOL Economia.

As perdas mais cedo acompanharam a depreciação da divisa dos Estados Unidos nos mercados internacionais e após a ata do Comitê de Política Monetária (Copom) sugerir a continuidade do ciclo de altas na Selic, o que tende a atrair recursos de fora ao país, destacou mais cedo a Agência Reuters.

Ainda de acordo com a Reuters, Isso tende a atrair investidores estrangeiros, que procuram maiores rendimentos. Uma maior entrada de dólares tende a tornar a moeda mais barata em relação ao real.

Ainda no contexto nacional, as intervenções do Banco Central influenciaram o resultado desta quinta, assim como a divulgação de dados sobre entrada de dólares no país e números sobre importações e exportações.

No cenário internacional, investidores analisaram a decisão do Banco Central Europeu (BCE). O BC manteve sua principal taxa de juros ao menor nível histórico de 0,25% nesta quinta-feira. A decisão de manter as taxas de juros inalteradas era esperada, embora uma minoria de economistas em pesquisa da Reuters esperasse um corte.

 

Saída de dólares do país supera entrada em US$ 1,856 bi em fevereiro

Segundo o UOL Economia, o fluxo cambial, diferença entre entrada e saída de moeda estrangeira do país, ficou negativo em US$ 1,95 bilhões na semana passada.

Com isso, fevereiro como um todo fechou no vermelho, com as saídas superando as entradas em US$ 1,856 bilhão, informou o Banco Central nesta quinta-feira.

Pela manhã, o Banco Central deu continuidade às intervenções diárias, vendendo a oferta total de até 4 mil swaps cambiais, que equivalem à venda de dólares no mercado futuro. O BC vendeu todos os 500 contratos ofertados para 1º de agosto e 3,5 mil para 1º de dezembro deste ano, com volume equivalente a 198 milhões de dólares.

(Do Mundo-Nipo com agências)

As informações das cotações de fechamento são fornecidas pelo Portal Financeiro Forex Pros/Investing.com.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta