Notícias

Japão está em alerta com aproximação do poderoso tufão Nepartak

Classificado como “violento” e “muito forte”, Nepartak tem ventos sustentados em 216 km/h, devendo atingir picos de até 306 km/h.

O poderoso tufão Nepartak, que se formou nas últimas 72 horas no Oceano Pacífico noroeste, se aproxima das Ilhas Sakishima, em Okinawa, no extremo sul do Japão, onde deve chegar entre as noites desta quinta-feira (7) e de sexta-feira (8), segundo último boletim da Agência Meteorológica do Japão (JMA, na sigla em inglês).

Nepartak, que é o 1º tufão da temporada no Japão, estava locomovendo-se no Pacífico em direção oeste-noroeste na manhã desta quinta-feira (hora local), a uma velocidade de 25 km/h.

O fenômeno vem sendo monitorado desde o fim de semana passada, quando ainda era uma tempestade tropical. Contudo, a JMA elevou Nepartak para tufão no dia 5 de julho. Este é o primeiro sistema de tempo severo em 2016 na porção noroeste do oceano Pacífico e está sendo considerado um tufão violento, um super tufão.

A baixa pressão do tufão estava com valor mínimo de 900 hPa até a manhã de hoje (hora local), mas com possibilidade de baixar um pouco mais até a madrugada desta quinta-feira. Quanto mais baixa a pressão atmosférica no centro do tufão, mais intensos são os ventos gerados por ele.

No momento, ele ruma para Taiwan, devendo passar exatamente sobre a ilha na tarde desta quinta-feira. As agências internacionais de notícia já divulgaram que o governo de Taiwan entrou em alerta total desde ontem e já mobilizou milhares de soldados do exército para ajudar nos trabalhos de ajuda à população, diante da proximidade do tufão.

A população já estava sendo retirada das áreas de risco por causa da chuva torrencial e da ventania associada com a passagem do tufão. Deslizamentos de terra e inundações pelo país são esperadas nas próximas 48 horas.

No Japão, classificado como “muito forte” pela JMA, o poderoso tufão deve chegar às ilhas Sakishima até domingo. O último boletim informa que Nepartak tem ventos sustentados em 216 km/h, devendo atingir picos de até 306 km/h. A agência estima ainda que o fenômeno pode provocar ventanias superiores a 90 km/h em um raio de 170 quilômetros.

O organismo japonês recomendou aos residentes das ilhas no sul de Okinawa que fiquem atentos, já que prevê ventos fortes e mar agitado, com ondas que podem alcançar até 10 metros, além de fortes chuvas na região, a começar na noite desta quinta-feira.

(Com agência Kyodo)

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe uma resposta