Notícias

Dólar tem terceira queda seguida e renova mínima de véspera

Trata-se do menor valor de fechamento em mais de cinco meses.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

O dólar fechou em queda nesta terça-feira (8) e renovou a mínima em cinco meses que havia sido registrada na véspera. Trata-se da terceira queda consecutiva, sendo as ultimas duas com desvalorização acima de 1%.

O dólar comercial encerrou o dia com queda de 0,77%, cotado a R$ 2,203 para a venda. É o menor valor em mais de cinco meses, desde 30 de outubro do ano passado, quando a moeda norte-americana encerrou o dia a R$ 2,192. Na segunda-feira (7), o dólar registrou queda de 1,06%.

Os investidores aproveitaram a depreciação nos mercados globais para testar a tolerância do Banco Central brasileiro a cotações mais baixas, destacou a Agência de notícias Reuters, acrescentando que o resultado acompanhou a desvalorização da moeda norte-americana no exterior.

Só nas últimas três sessões, o dólar acumulou desvalorização de 3,48%. No ano, a queda já chega a 6,55%.

Com o dólar abaixo de R$ 2,20, os investidores já começam a questionar a necessidade das intervenções do BC no mercado de câmbio. Segundo o G1 Economia, por enquanto, a autoridade monetária não alterou a sua estratégia e vem rolando todos os contratos de swap cambial a vencer, além de manter a oferta diária de US$ 200 milhões por meio desses contratos.

Nesta terça, o Banco Central rolou mais uma tranche de 10 mil contratos que tinham vencimento previsto para 2 de maio, cuja operação somou US$ 494,4 milhões. Com a rolagem, restam US$ 7,233 bilhões do lote de US$ 8,733 bilhões em contratos de swap (equivalentes a venda futura de dólares) a serem renovados.

As informações das cotações de fechamento são fornecidas pelo Portal Financeiro Forex Pros/Investing.com.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta