Notícias

Dólar sobe frente ao iene em Tóquio com recuo de tensões na Ucrânia

A alta foi impulsionada por preços das ações mais elevadas e o recuo das preocupações sobre a situação na Ucrânia.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

O dólar fechou em alta ante o iene na sessão desta quinta-feira (8) em Tóquio, impulsionado pelos preços das ações mais elevadas e o recuo das preocupações sobre a situação na Ucrânia.

Às 17h desta quinta-feira (horário local), fim das negociações em Tóquio, a divisa norte-americana encerrou cotada a 101,81 ienes, um avanço de 0,28 iene em relação à cotação de 101,53-54 ienes do pregão anterior em Tóquio.

O euro foi negociado a US$ 1,3924-3925 e a 141,75-78 ienes, frente às cotações de US$ 1,3930-3931 e de 141,44-45 ienes da tarde de quarta-feira em Tóquio.

No mercado exterior, durante a noite, o dólar subiu para perto de 102 ienes depois de Janet Yellen, presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), sugerir em seu depoimento ao Congresso que o Fed vai continuar a sua flexibilização monetária “por enquanto”. Yellen assegurou que os Estados Unidos se encontram em um caminho de “sólido crescimento”.

“As declarações de Yellen forneceram conforto aos investidores e os levou a comprar dólar, disse um operador de câmbio”, disse um operador de câmbio à Agência AFP.

Depois de chegar a 101,85 ienes no início do pregão em Tóquio, o dólar subiu rapidamente para 101,95 ienes após a Bolsa de Tóquio ter um começo sólido depois de uma ascensão durante a noite, influenciado pelos preços das ações norte-americanas.

“O sentimento de aversão ao risco recuaram em relação à crise ucraniana depois de o presidente russo, Vladimir Putin, pedir aos separatistas pró-Moscou no leste da Ucrânia para adiar a votação de domingo sobre a secessão”, disse um funcionário de um grande banco japonês à Agência Kyodo.

(Do Mundo-Nipo com Agências)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta