Notícias

Japão protesta contra Coreia do Norte por novos lançamentos de mísseis

Trata-se do segundo lançamento de mísseis por parte da Coreia do Norte em uma semana, todos direcionados ao Mar do Japão.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O governo do Japão apresentou nesta quinta-feira (10) um forte protesto contra a Coreia do Norte, por intermédio de sua embaixada em Pequim, pelo novo lançamento de mísseis balísticos efetuado hoje, no que representa o segundo lançamentos do tipo por parte do regime de Kim Jong-un em uma semana, informou a agência Kyodo, citando o Ministério dos Negócios Estrangeiros japonês.

Os dois mísseis de curto alcance foram disparados a partir da costa oriental do país, por volta das 05h20 de quinta-feira (17h20 de quarta-feira pelo Brasília). Os dois projéteis percorram uma categoria de 500 quilômetros até cair no Mar Oriental, também designado como Mar do Japão, ao largo do porto norte-coreano de Wonsan, conforme explicou o Ministério.

A ação militar norte-coreana ocorre em um momento de elevada tensão na península coreana, onde a Coreia do Sul e os Estados Unidos iniciaram, nesta semana, manobras militares conjuntas, no que representa o maior exercício militar da história entre os dois países.

O lançamento balístico de hoje é o segundo que a Coreia do Norte realiza em uma semana. Na quinta-feira da semana passada, o regime do ditador Kim Jong-un efetuou vários disparos de mísseis em direção ao Mar do Japão. Os lançamentos ocorreram poucas horas após o Conselho de Segurança da ONU ter aprovado uma nova série de duras sanções contra a Coreia do Norte – o conjunto de sanções é o mais rígido já imposto ao país no decorrer dos últimos 20 anos.

O severo conjunto de sanções foi apresentado após Pyongyang ter anunciado em 6 de janeiro a realização de um teste bem sucedido de uma bomba de hidrogênio. Passado um mês, o país realizou o lançamento de um foguete de longo alcance para por em órbita um satélite, o que foi condenado pela comunidade internacional por acreditar se tratar de um lançamento camuflado de mísseis e que faz parte de seu programa nuclear.

(Com Agência Kyodo)

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •