Notícias

Frente fria em plena primavera leva neve ao norte do Japão

Embora a primavera tenha iniciado no mês passado, grande parte do Japão segue com um mau tempo digno de inverno.

Como resultado de uma frente fria incomum, a temperatura caiu em várias áreas no Japão, com a região norte recebendo chuvas e neve em plena primavera, informou nesta segunda-feira (11) a emissora pública ‘NHK’.

Embora a primavera tenha iniciado no mês passado, grande parte do país segue com um mau tempo digno de inverno. Segundo a emissora japonesa, uma grande área na ilha de Hokkaido, no extremo norte do país, e parte de Tohoku, região nordeste, está recebendo um nível de neve de aproximadamente dois centímetros por hora.

Nesta segunda-feira, o acumulo de neve chegou a dez centímetros na cidade de Kunchan, em Hokkaido, enquanto a cidade de Moriaka, na província de Iwate (nordeste), foi surpreendida por uma tempestade de neve repentina no momento em que as cerejeiras estavam em plena floração, o que a ‘NHK’ traduziu como “conflito de estações’, já que os resquícios do inverno teimam em impedir que a primavera japonesa progrida.

Segundo a Agência Meteorológica do Japão (JMA, na sigla em inglês), por volta do meio dia de hoje (horário local), as temperaturas apresentavam quedas em varias cidades em Hokkaido, com a capital Sapporo marcando 2°C. Enquanto isso, no nordeste, as províncias de Akita e Miyagi apresentavam temperaturas em torno de 5°C e 6°C, respectivamente.

Na província de Niigata, no nordeste da região de Chubu (centro), a temperatura situou-se em 8°C. A frente fria incomum também fez cair as temperaturas em várias cidades na região de Kanto (leste) e de Chugoku (oeste).

A JMA informou que a frente fria prosseguirá no norte do país, com algumas áreas em Hokkaido recebendo neve no decorrer da semana. Por outro lado, as temperaturas na devem começar a subir nas regiões norte, leste e central a partir de quarta-feira (13).

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe uma resposta