Notícias

Bolsa de Tóquio fecha em alta mesmo com forte recuo de empresas importantes

Notícias negativas levaram as ações da Sharp a despencar mais de 26%, enquanto a Toshiba caiu 17%.

Do Mundo-Nipo com Agências

A Bolsa de Valores de Tóquio fechou em alta nesta segunda-feira (11), diante da melhora no sentimento dos investidores após dados fortes de emprego nos Estados Unidos, divulgados na última sexta-feira, que mostrou um crescimento robusto no mercado de trabalho da maior economia do mundo, ajudando a compensar o mau desempenho de empresas importantes, como a Sharp e a Toshiba.

O Nikkei 225, índice que reúne as empresas mais negociadas da bolsa japonesa, subiu 241,72 pontos, alta de 1,25% ante o fechamento anterior, encerrando o dia aos 19.620,91, maior valor de fechamento desde 28 de abril. Já o indicador Topix, que agrupa os valores da primeira seção em Tóquio, avançou 10,57 pontos, alta de 0,67%, fechando aos 1.598,33 pontos.

A sessão em Tóquio já mostrava ganhos logo na abertura, influenciada pelo relatório de emprego de abril nos Estados Unidos. Embora tenha ficado abaixo das estimativas do mercado, o número foi considerado robusto. Apesar da forte queda de algumas empresas japonesas, prevaleceu o sentimento positivo, melhorado ainda pela notícia de corte de juros na China.

“A economia norte-americana não está desacelerando”, disse Eiji Kinouchi, estrategista senior da Daiwa Securities.

Para Mitsushige Akino, da Ichiyoshi Investment Management, as ações também se beneficiaram com a diminuição da instabilidade no mercado mundial de bônus, que estava bastante estremecido com a forte liquidação de títulos de governos europeus nas últimas sessões.

Entre os destaques positivos, as ações da Minebea subiram 8,18% após a empresa de componentes eletrônicos anunciar que seu lucro líquido cresceu 91% no último ano fiscal. Já os papeis da JX Holdings ganharam 2,76% após o conglomerado de petróleo e metais anunciar uma expectativa de lucro líquido de 160 bilhões de ienes no ano fiscal que termina em março de 2016.

Por outro lado, as ações da Sharp recuaram 26,36%, após a companhia anunciar um plano de redução de capital no lançamento de ações preferenciais.

Já os papeis da Toshiba tiveram queda de 16,55% após fabricante de eletrônicos suspender sua previsão de lucros para o ano fiscal que terminou em março. A empresa disse que está examinando o impacto de irregularidades recém-descobertas na sua contabilidade.

*Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Deixe uma resposta